Detalhe

CBESP 2019: políticas públicas estão na contramão da inclusão

08/06/2019 | Por: Fórum | 456
Foto: Ronaldo Almeida/Fórum

O painel do último dia da 12ª edição do Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP) foi pautado pela apresentação de estudos sobre inovação e inclusão no contexto da educação superior. A Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), o Grupo A Educação e a Universia Brasil apresentaram os resultados de levantamentos sobre três aspectos distintos e complementares no contexto educacional: o cenário inclusivo, a revolução das edtechs e a percepção do jovem sobre educação, carreira e futuro.

Uma das primeiras constatações da manhã foi a de que as políticas públicas governamentais estão indo na contramão de um processo inclusivo. Isso porque, embora no Brasil o principal fator de exclusão de jovens da graduação seja a renda, o governo tem agido no sentido de enfraquecer o financiamento estudantil governamental. Em um cenário no qual 75% das matrículas estão concentradas nas instituições particulares, quem pode pagar já está nas universidades. “A desigualdade está principalmente no fator renda, então é preciso ter políticas públicas que venham ao encontro das necessidades desses jovens. Mas o que acontece hoje é que, de um lado, vários candidatos não são contemplados e, de outro, sobram vagas no programa”, ponderou Sólon Caldas, diretor executivo da ABMES.

Outro caminho obrigatório para a promoção de inclusão e diversidade na educação superior é a educação a distância. Por suas características operacionais e financeiras, ela é a modalidade de ensino capaz de absorver as pessoas que se encontram no estoque, já que 77% dos que a escolheram são pessoas das classes C, D e E e com idades a partir de 25 anos.

Edtechs e conectividade
Em 2025, 33% do quadro de colaboradores das instituições de educação superior será composto por pessoas da área de tecnologia. A projeção foi feita pelo Grupo A Educação diante do atual cenário de inovação imposto à todas as áreas da sociedade contemporânea, especialmente para a educação.

Segundo Luiz Filipe Trivelato, as startups voltadas para soluções educacionais já são o sexto maior segmento de atuação dessas empresas que atuam em um nicho no qual a indústria tradicional não dá conta de atuar porque são inovadoras. E, ao contrário do que chegou a ser ventilado no início do processo de digitalização da educação, a tecnologia não serve para tirar horas do professor. “No começo interpretamos como mecanismo de fazer oferta mais barata, mas tem algo atrás da tecnologia que é preparar melhor o aluno para o ambiente de sala de aula”.

Essa conexão entre educação e tecnologia está descrita na pesquisa que a Universia Brasil fez com mais de 5.000 jovens de todas as regiões do país. O levantamento mapeou aspectos como onde os jovens buscam informações e constatou que 73% preferem se informar pelas redes sociais.

Além disso, 68% dos entrevistados são usuários da Netflix, 40% da Uber e 38% do Spotify, empresas que surgiram dentro de nova concepção de produção de conteúdo e de consumo de bens e serviços. Esse é o público com o qual as instituições de educação superior precisam estar preparadas para interagir sob o risco de serem substituídas por novas formas de formação educacional.

Meditação e CNE
A manhã de encerramento da 12ª edição do CBESP foi iniciada com um momento de reflexão e meditação. Conduzida pelo diretor da Sociedade Internacional de Meditação no Rio de Janeiro, Klebér Tani, a palestra abordou sobre como a meditação e o acolhimento podem contribuir para o desenvolvimento da empatia no ambiente acadêmico.

Após serem convidados a refletir sobre como e no que investem suas vidas, todos os congressistas experimentaram por 15 minutos uma dinâmica de iniciação em meditação, o que resultou em energia adicional e relaxamento para absorver e aproveitar os conteúdos abordados na reta final do Congresso.

Na outra ponta, a manhã foi encerrada pela tradicional mesa-redonda composta por conselheiros do Conselho Nacional de Educação (CNE). Antonio de Araújo Freitas Júnior, presidente da Câmara de Educação Superior e Joaquim José Soares Neto, vice-presidente da Câmara de Educação Superior apresentaram a visão do CNE sobre inovação e diversidade nas instituições de educação superior brasileiras.


Conteúdo Relacionado

Vídeos

XII CBESP | Resumo do congresso

Com número recorde de inscrições, a 12ª edição do CBESP contou mais de 500 congressistas de todo o país. Foram três dias  com a presença de 23 palestrantes que somaram cerca de 22 horas de conteúdo sobre os caminhos que a educação superior deve tomar na 4ª revolução industrial

XII CBESP | Dia 3

O último dia do XII CBESP foi marcado pela leitura da Carta de Belo Horizonte. O momento encerrou uma manhã intensa de atividades, que contou com pesquisas inéditas, palestra sobre meditação e mesa-redonda com conselheiros do CNE. O Congresso reuniu mais de 500 pessoas entre mantenedores, reitores, especialistas em educação e autoridades governamentais na capital mineira, Belo Horizonte/MG

XII CBESP | Confira quem são os apoiadores do evento

Conheça um pouco mais sobre os apoiadores da 12ª edição do principal congresso da educação superior brasileira, o CBESP 2019. Alguns deles acompanham a iniciativa desde sua primeira edição!

XII CBESP | Dia 2

O segundo dia do XII CBESP foi marcado por palestras e debates sobre inclus~soa e diversidade centradas no tema "Educação superior: inovação e diversidade na construção de um Brasil plural". O Congresso reuniu mais de 500 pessoas entre mantenedores, reitores, especialistas em educação e autoridades governamentais na capital mineira, Belo Horizonte/MG

XII CBESP | Dia 1

A abertura da 12ª edição do CBESP contou com a presença do ministro da Educação e palestras que deram a tônica dos outros dias do evento. O Congresso reuniu mais de 500 pessoas entre mantenedores, reitores, especialistas em educação e autoridades governamentais na capital mineira, Belo Horizonte/MG

Inovação e diversidade darão o tom do XII CBESP

Dando continuidade aos debates sobre inovação ocorridos no último Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP), a 12ª edição do evento terá como tema “Educação superior: inovação e diversidade na construção de um Brasil plural”. O encontro acontecerá de 6 a 8 de junho de 2019, em Belo Horizonte/MG

XII CBESP | Belo Horizonte sediará principal congresso da educação superior brasileira

Reconhecido como o principal evento da educação superior brasileira, o Congresso será realizado nos dias 6, 7 e 8 de junho de 2019. Diversidade, inovação, políticas públicas e modelos de sucesso são destaques na programação, que, além de palestras e debates com a presença de renomados especialistas e gestores da educação brasileira, contará com workshops práticos para os participantes. 

Notícias

Fórum entrega a Abraham Weintraub propostas para melhorias na regulamentação do setor

Documento reúne medidas para otimizar a supervisão e a avaliação IES e promover a desobstrução regulatória

CBESP 2019: Ensino a distância deve ganhar força nos próximos anos

Correio Braziliense: No 12°Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, o diretor presidente da ABMES, Celso Niskier, comenta sobre a EAD

CBESP 2019: MEC estuda rever suspensão de abertura de novos cursos de medicina

O Globo: Durante o CBESP, representante do MEC falaram da possibilidade de ampliação da oferta de vagas dos cursos de medicina

CBESP 2019: MEC estuda abrir novos cursos de medicina

Correio Braziliense: O secretário substituto da Seres/MEC, Marco Aurélio de Oliveira, falou durante o Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular que estão sendo feito estudos para a abertura de novas vagas nos cursos de medicina

CBESP 2019: MEC estuda rever suspensão de novos cursos de Medicina

Estadão: Durante o Congresso Brasileiro de Educação Superior Particular, o secretário da Seres/MEC, Marco Aurélio de Oliveira, comenta sobre a ampliação da oferta de vagas de medicina

CBESP 2019: Ministro da Educação diz que ensino superior particular será fortalecido

Exame: No Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, o ministro Abraham Weintraub defendeu o setor particular e disse que dará mais liberdade para as instituições de ensino

CBESP 2019: Após confronto com universidades federais, Weintraub fala em fortalecer setor privado

Estadão: Durante o Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, o ministro da Educação defendeu mais liberdade para atuação de faculdades particulares

CBESP 2019: Com Fies em baixa, universidades particulares consolidam crédito estudantil próprio

Zero Hora: Na abertura do Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular,o diretor presidente da ABMES, Celso Niskier, defendeu a importância do financiamento estudantil

CBESP 2019: Universidade particular quer mudar avaliação pela pasta

Valor Econômico: Durante o CBESP, o diretor presidente da ABMES, Celso Niskier, garante que vai apresentar propostas par mudanças no processo de avaliação

CBESP 2019: Em MG, MEC defende desburocratização para liberar cursos de Educação Superior

Ministério da Educação: Abraham Weintraub, durante a participação no Congresso Brasileiro de Educação Superior Particular, disse que dará mais liberdade ao ensino superior particular

CBESP 2019: MEC estuda rever suspensão para criação de novos cursos de medicina no país

Folha de S.Paulo: Marco Aurélio de Oliveira, o diretor da Seres/MEC, em participação no Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, disse que está em análise a possibilidade de aumento de vagas de medicina

CBESP 2019: MEC estuda liberar vagas e ofertas de cursos de medicina

Agência Brasil: No Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, o diretor de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) do MEC, Marco Aurélio de Oliveira, diz que o governo estuda novas possibilidades de ampliação de ofertas dos cursos de medicina

CBESP 2019: Ensino superior oferece meditação para ajudar na formação de alunos

Agência Brasil: No Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, instituições de ensino superior buscam benefícios para estudantes através de cursos de meditação

Weintraub: crescimento econômico elevará procura por ensino superior

Yahoo Notícias: No Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, o diretor presidente da ABMES, Celso Niskier, foi desafiado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, a apresentar ao MEC uma proposta para formação de professores em prol da educação básica

12º CBESP: Carta de Belo Horizonte

Propostas trazidas pelo 12º Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, realizado nos dias 6,7 e 8 de junho de 2019, em Belo Horizonte/MG

CBESP 2019: Gamificação, marketing digital e design thinking: o futuro (breve) da educação

Painel realizado no XII CBESP provocou os congressistas a refletirem sobre a transformação digital necessária à educação para sobreviver em um contexto inovador

CBESP 2019: Caminhos para inovar a partir do investimento em diversidade

Experiências mostram como internacionalização e diversidade racial podem conduzir as IES a novos patamares de inovação e inclusão

CBESP 2019: Enem 2019 está garantido, diz ministro

Jornal Floripa: O ministro participou nesta quinta-feira da abertura do 12ª Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, que ocorre em Belo Horizonte

CBESP 2019: Após confronto com universidades federais, Weintraub fala em fortalecer setor privado

Terra: Na abertura do Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, defende do fortalecimento do ensino superior particular

CBESP 2019: Enem 2019 está garantido, diz ministro

Agência Brasil: Na abertura do CBESP,o ministro da Educação participou do evento e garantiu o crescimento do ensino superior particular

CBESP 2019: Ministro diz que rede federal não conseguirá atender demanda

Correio Braziliense: Durante a abertura do 12°Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP), que ocorre em Belo Horizonte, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que a demanda do ensino superior deve crescer nos próximos anos

CBESP 2019: Ministro da Educação defende fortalecimento do ensino superior privado

O Globo: Durante a participação no CBESP, o ministro da Educação fala da importância da educação superior particular

CBESP 2019: Seres/MEC afirma que EAD é a chave para incluir milhões de brasileiros na educação superior

Posicionamento foi apresentado pelo diretor de Políticas Regulatórias durante a 12ª edição do CBESP

CBESP 2019: Ministro da Educação defende fortalecimento de ensino superior particular

Folha de S.Paulo: Em CBESP, o diretor presidente a ABMES, Celso Niskier, ressaltou em discurso de abertura que defenderá a educação superior particular como instrumento para a libertação das amarras que prendem o desenvolvimento do país

CBESP 2019: Weintraub garante que o Enem vai acontecer, mesmo após mais uma baixa no Inep

CBN: Em Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, comenta que as instituições superiores particulares são responsáveis por 80% da formação superior

CBESP 2019: Ministro da educação defende ensino superior privado em abertura de congresso do setor em BH

G1: O ministro da Educação, Abraham Weintraub, compareceu ao CBESP, realizado em Belo Horizonte, e em seu discurso garantiu que dará liberdade ao ensino superior particular

Weintraub: crescimento econômico elevará procura por ensino superior

Agência Brasil: Em Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, realizado em Belo Horizonte, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, defendeu hoje o setor particular como principal agente na expansão do ensino superior

CBESP 2019: Diretora do Google Brasil convoca IES a agirem pela diversidade

Gleidys Salvanha foi a responsável pela palestra magna na noite de abertura do 12º CBESP

CBESP 2019: Na abertura do CBESP, ministro da Educação fala em crescimento e liberdade para o setor

Abraham Weintraub fez a abertura solene do Congresso e discursou para mais de 500 pessoas presentes ao evento que acontece em Belo Horizonte

ABMES lança 43ª edição da revista Estudos no XII CBESP

Produzida por especialistas em educação superior, a publicação traz análises, debates e reflexões sobre os indicadores de qualidade da educação superior

Diversidade é chave para inovar no ensino superior; tema será debatido em congresso em BH

Hoje em Dia: Em entrevista, o secretário executivo do Fórum e diretor presidente da ABMES, Celso Niskier, fala sobre os debates que acontecerão durante o XII CBESP

Matrículas em faculdades à distância devem superar as presenciais em 4 anos

Estado de Minas: Em entrevista, o diretor presidente da ABMES, Celso Niskier, comenta sobre o crescimento da modalidade EAD

Projeto Seres em Ação realizará atendimentos durante o XII CBESP

O serviço será oferecido na sexta-feira, 7 de junho, mediante agendamento prévio. Vagas limitadas

Diversidade, inovação, políticas públicas e modelos de sucesso são destaques na programação do XII CBESP

Além de palestras e debates com a presença de renomados especialistas e gestores da educação brasileira, a programação conta com workshops práticos para os participantes

Banda Jota Quest fará show de abertura do XII CBESP

Apresentação será realizada após conferência especial sobre o tema central do congresso, que acontecerá em Belo Horizonte/MG, de 6 a 8 de junho

XII CBESP: Maiores delegações ganharão cortesias para a edição seguinte

Grupos com até 10 pessoas ganharão o benefício, que varia de acordo com o número de integrantes. Não é permitida a junção de duas instituições para constituir uma delegação

Inovação e diversidade darão o tom do XII CBESP

Evento, que será realizado em Belo Horizontes/MG nos dias 6, 7 e 8 de junho de 2019, aprofundará discussões realizadas na 11ª edição. Inscrições abertas

Inscrições abertas para a 12ª edição do CBESP

Interessados têm até o dia 14 de janeiro de 2019 para garantir os valores promocionais do 1º lote de inscrições. O Congresso será realizado em Belo Horizonte/MG nos dias 6, 7 e 8 de junho

Em 2019, Belo Horizonte sediará o XII CBESP

Reconhecido como o maior evento do setor educacional no país, o Congresso será realizado nos dias 6, 7 e 8 de junho de 2019. Associados de entidades que compõem o Fórum terão descontos especiais. Inscrições em breve