Detalhe

13ª edição do CBESP inicia novo ciclo voltado para o debate sobre habilidades do futuro

20/11/2019 | Por: ABMES | 348
Foto: Top MBA

Os profissionais do futuro precisarão desenvolver cada vez mais sua criatividade, capacidade de inovar, empatia e ter uma visão sustentável e holística do mundo. Este é o perfil traçado por uma recente pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) a partir de entrevistas com especialistas em gestão e empreendedorismo do país. Segundo o estudo, será essencial que o empresário do amanhã tenha forte formação nas Soft Skills (habilidades socioemocionais), pelo menos o nível básico em Hard Skills (habilidades teóricas), conhecimentos sólidos sobre técnicas de gestão, além de noções de TI e novas tecnologias de comunicação.

É neste contexto, somado ao cenário econômico atual do Brasil e considerando as discussões realizadas em anos anteriores, que a 13ª edição do Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP) reunirá educadores de todo o país para debater o tema “Empreendedorismo e educação superior: construindo modelos inovadores”.

Desenvolvimento do país
Já é consenso entre pesquisadores e especialistas do mundo todo que existe uma tendência da valorização da capacidade de resiliência dos empreendedores do futuro, ou seja, que é preciso criar modelos inovadores e conectados com as transformações pelas quais o mundo vem passando. Segundo Celso Niskier, secretário executivo do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular e diretor presidente da ABMES, o tema do 13º CBESP vai totalmente ao encontro desse movimento.

“Todos sabemos que para o Brasil superar a crise econômica e retomar o crescimento terá que, necessariamente, ativar o espírito empreendedor dos jovens. Pois, a partir dessas iniciativas, o país sairá do vitimismo, mudará a percepção pessimista e passará a criar sua própria realidade por meio de movimentos empreendedores, em especial na educação. Nós acreditamos que a educação é a grande alavanca propulsora do crescimento nacional e o espírito empreendedor é fundamental para aquecer esse desenvolvimento nos próximos anos”, ressalta.

Imersão
Os participantes do Congresso irão vivenciar três dias de imersão total no tema empreendedorismo, sob diversas perspectivas. Serão apresentados cases de escolas e universidades empreendedoras, bem como será debatido o ensino do empreendedorismo dentro das instituições. “Trataremos do empreendedorismo do ponto de vista da gestão, das metodologias e dos currículos. Contaremos com a participação de empreendedores natos, que vão compartilhar suas experiências e conheceremos instituições que são caracterizadas pelo seu espírito empreendedor. Será um conteúdo muito rico para todos, especialmente para os gestores e mantenedores de instituições de educação superior, o principal público do Congresso”, explica Niskier.

Além disso, as novas tecnologias perpassarão por todos os debates do evento, pois são elas as responsáveis pelo crescimento do espírito empreendedor nos brasileiros, bem como por criar novos modelos de escolas, projetos e iniciativas educacionais.

Programação inclusiva
A programação da 13ª edição do CBESP, que será realizada no Costão do Santinho, em Florianópolis/SC, nos dias 28, 29 e 30 de maio, contemplará instituições de todos os portes e regiões do país. De acordo com Niskier, o Congresso tem como tradição levar em conta as características e diversidade do setor educacional superior brasileiro como um todo. “Vamos falar de instituições pequenas, que são muito empreendedoras, mas também vamos falar dos desafios da inovação dos grandes grupos. Nossa programação é bastante inclusiva”, pontua.

Novo ciclo
De acordo com Niskier, esta edição marcará um novo ciclo para o Congresso, que terá a duração de três anos. “Nos últimos encontros falamos sobre o impacto da inovação, agora abordaremos o empreendedorismo com foco nas Soft Skills, depois seguiremos com criatividade e, em 2022, encerraremos falando sobre liderança. Portanto, a escolha do tema focado em empreendedorismo se deu pela importância que esses assuntos transversais vêm adquirindo no planejamento das instituições de educação superior”, conclui.

Inscrições
As inscrições para a 13ª edição CBESP já estão abertas. Os interessados em participar do Congresso têm até o dia 12 de dezembro de 2019 para garantir os valores promocionais do 1º lote de inscrições.

Além dos benefícios para inscrições individuais, as instituições associadas a entidades que compõem o Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular que realizarem inscrições em grupos com três ou mais participantes também possuem direito a valores diferenciados, basta entrar em contato com a entidade e solicitar o código.

Clique aqui para realizar a sua inscrição.


Conteúdo Relacionado