Detalhe

Top Educacional: Estudantes levam educação financeira a pessoas de baixa renda em Vitória/ES

02/12/2014 | Por: Agência Brasil | 856

Pensando em ajudar pessoas de baixa renda e microempresários na organização de despesas, um grupo de universitários de Vitória desenvolveu projeto de educação financeira. O plano ganhou as escolas para orientar os estudantes sobre a importância da organização financeira.

O projeto Educação Financeira para Comunidades foi iniciado em 2008, época em que a crise financeira mundial provocou incertezas sobre os rumos da economia, inclusive a brasileira.

Estudantes de administração da Faculdade Doctum elaboraram cartilhas com dicas e simulações de situações cotidianas, além de oferecerem palestras incentivando a redução de gastos, o uso consciente do cartão de crédito, o planejamento e a poupança.

A partir de 2012 as crianças foram incluídas no projeto e os universitários começaram a visitar escolas públicas e privadas. Para um público na faixa etária entre 8 e 12 anos, o controle dos gastos é ensinado com o uso de brinquedos e dinheiro de papel.

“O grande problema da educação financeira é a mudança de hábito, e isso só ocorre com muita persistência. Vemos muita carência desse assunto na grade curricular das escolas. Só temos matérias tradicionais e não temos as [matérias] ligadas à sustentabilidade, que abrangeria a parte financeira e a ambiental”, disse o coordenador do projeto, professor Paulo Cezar Ribeiro.

A iniciativa dos estudantes de administração foi reconhecida com a menção honrosa na 21° edição do Prêmio Top Educacional Professor Mário Palmério, entregue hoje (2) pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES).  


Conteúdo Relacionado

Notícias

Prêmio Top Educacional reconhece soluções inovadoras na educação superior

Além de reconhecer boas iniciativas, o Prêmio também tem como objetivo dar visibilidade às soluções inovadoras encontradas pelas instituições de educação superior