A inteligência que ensina: avaliando o potencial dos aplicativos de IA na transformação pedagógica

Espaço destinado à atualização periódica de tecnologias nacionais e internacionais que podem impactar o segmento educacional e, portanto, subsidiar gestores das instituições de ensino para que sejam capazes de agir proativamente olhando para essas tendências.

29/08/2023 | 2138

A inteligência que ensina: avaliando o potencial dos aplicativos de IA na transformação pedagógica

Por: Carmen Tavares*

A era da tecnologia digital tem transformado significativamente o campo da educação. Assistimos a uma revolução na forma como a aprendizagem é concebida e facilitada, graças à adoção de aplicativos de inteligência artificial, chatbots e assistentes inteligentes. Essas inovações são mais do que meros complementos; são, de fato, catalisadores que estão remodelando o fazer pedagógico.

A capacidade de criar e editar conteúdo em plataformas digitais oferece flexibilidade sem precedentes para educadores e alunos. Essas ferramentas fomentam a colaboração, tornando a aprendizagem mais interativa e atraente. Professores podem acessar recursos que permitem criar conteúdo dinâmico, enquanto os alunos têm ao alcance de suas mãos ferramentas de correção e aprimoramento textual, que desenvolvem habilidades críticas e linguísticas.

Na esteira dessas inovações, a capacitação profissional é transformada. Os aplicativos oferecem uma variedade de cursos e materiais para atualização, permitindo que os profissionais da educação se adaptem às constantes mudanças no campo da tecnologia. Isso é crucial para que professores adquiram as competências necessárias para trabalhar com esses aplicativos, integrando-os efetivamente no processo de aprendizagem.

O impacto no aluno é evidente. A utilização dessas tecnologias permite uma abordagem mais personalizada, com adaptações a diferentes estilos de aprendizagem. A aprendizagem torna-se mais envolvente, criativa e produtiva, e a motivação dos alunos aumenta.

As pesquisas científicas têm avançado consideravelmente nesse contexto, corroborando a eficácia dessas abordagens tecnológicas. Estudos mostram que a integração dessas ferramentas pode levar a uma melhora significativa na retenção de informações e na aplicação prática de conceitos.

Por fim, é vital observar o custo-benefício para as instituições de ensino que adotam essas tecnologias. Embora haja um investimento inicial, os benefícios a longo prazo em termos de eficiência, alcance e qualidade do ensino são palpáveis. A adoção dessas ferramentas não é apenas uma tendência, mas uma necessidade, para manter a relevância e a eficácia no cenário educacional moderno, impulsionado pela inovação e pela busca constante de excelência.

Abaixo, um quadro com os aplicativos gratuitos mais utilizados para que professores e gestores possam aperfeiçoar sua prática pedagógica.

-----------------------------------------------

*Maria Carmen Tavares Christóvão é Mestre em Gestão da Inovação com área de pesquisa em Inovação Educacional. Diretora da Pro Innovare Consultoria de Inovação atuou como Reitora, Pró Reitora e Diretora de Instituições de Ensino de diversos portes e regiões no Brasil. www.proinnovare.com.br

Curtir:

Compartilhar:

Carmen Tavares

Gestora educacional e de inovação com 28 anos de experiência em instituições de diversos portes e regiões, com considerável bagagem na construção de políticas para cooperação intersetorial, planejamento e gestão no ensino privado tanto na modalidade presencial quanto EAD. Atuou também como executiva em Educação Corporativa e gestora em instituições do Terceiro Setor. É mestre em Gestão da Inovação pela FEI/SP, com área de pesquisa em Capacidades Organizacionais, Sustentabilidade e Marketing. Pós-graduada em Administração de Recursos Humanos e graduada em Pedagogia pela UEMG.

contato@proinnovare.com.br - www.proinnovare.com.br