Detalhe

Universidade de Gestão "TISBI" apresentou o setor educacional universitário da República do Tataristão em reunião com reitores de universidades particulares no Brasil

04/09/2017 | Por: TISBI | 969

Em 4 de setembro na Universidade Internacional de Moscou, realizou-se um encontro de representantes da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) e da Federação Russa.

A Universidade de Gestão "TISBI" foi a única representante de universidades particulares da República do Tataristão, e apresentou a região e sua contribuição para o desenvolvimento da educação e da ciência a nível internacional.

A visita amigável de 37 reitores brasileiros à Rússia é marcada por um grande interesse em cooperação com as universidades russas. Lyudmila Nugumanova, reitora da Universidade de Gestão "TISBI", também anunciou prontidão para um diálogo com organizações educacionais em todo o mundo. Em seu discurso, ela contou ao público sobre as principais áreas do trabalho da Universidade, seus 25 anos de história, sua estratégia de desenvolvimento a longo prazo e sua experiência na implementação de projetos internacionais.

Cinco universidades russas e cinco brasileiras fizeram apresentações. Antonio Luis Espinola Salgado, embaixador do Brasil na Rússia, em seu discurso enfatizou a importância de estabelecer relações mutuamente benéficas entre os dois países nos campos da ciência e da educação.


Conteúdo Relacionado

Notícias

Diretor presidente da ABMES é condecorado durante visita universidade russa

O gesto ocorreu no dia 7 de setembro, o quarto da agenda de visitas da 1ª Delegação ABMES Internacional - Russia Experience

MSPI em reunião de reitores de universidades privadas do Brasil (ABMES) e Rússia (ANVUZ)

O primeiro dia do encontro com reitores de universidades privadas dos dois países foi realizado na Universidade Internacional de Moscou

RUDN recebe delegação de universidades particulares do Brasil

A visita foi organizada pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES)

ABMES e Universidade Russa da Amizade entre os Povos, com o mais avançado programa de internacionalização do país, assinarão convênio no Brasil

Intenção é viabilizar a dupla diplomação em mestrados feitos em instituições associadas à Associação