Detalhe

Mais da metade dos jovens depende de programas do governo para cursar universidade

20/07/2016 | Por: CBN | 1089

Pesquisa é da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior, que representa 1.200 unidades da rede particular. Só 17% da população que deveria estar na universidade na faixa etária de 18 a 24 anos consegue entrar em um curso superior.

O levantamento foi feito com mil pessoas entre 18 e 30 anos em nove capitais do país. 

Após a divulgação da pesquisa, o presidente da Associação das Mantenedoras das Instituições de Ensino Superior falou sobre a medida provisória divulgada pelo governo na sexta-feira. Ela repassa para as faculdades o custo operacional do financiamento, cobrado pelos bancos. Segundo o ministro da Educação, Mendonça Filho, a medida vai gerar um alívio de pelo menos R$ 400 milhões por ano, para os cofres públicos. 

Ouça a entrevista na íntegra na aba Áudio abaixo no Conteúdo Relacionado.


Conteúdo Relacionado

Áudios

Áudio: Mais da metade dos jovens depende de programas do governo para cursar universidade

Data:20/07/2016

Descrição:

Diretor presidente da ABMES, Janguiê Diniz, concede entrevista à CBN sobre pesquisa que revela que 17% da população que deveria estar na universidade na faixa etária de 18 a 24 anos consegue entrar em um curso superior

Download

Áudio: Mais da metade dos jovens depende de programas do governo para cursar universidade

Data:20/07/2016

Descrição:

Diretor presidente da ABMES, Janguiê Diniz, concede entrevista à CBN sobre pesquisa que revela que 17% da população que deveria estar na universidade na faixa etária de 18 a 24 anos consegue entrar em um curso superior

Download

Áudio: Entrevista do presidente da ABMES, Janguiê Diniz

Data:22/07/2016

Descrição:

Em entrevista Janguiê Diniz, Presidente da ABMES, diz sobre a pesquisa em que metade dos jovens com ensino médio querem fazer faculdade, mas não tem como pagar as mensalidades.

Download

Notícias

As visões de mundo dos jovens sobre educação

Artigo do pesquisador e doutor em ciência política Adriano Oliveira interpreta pesquisa da ABMES sobre a visão dos jovens brasileiros em relação aos programas sociais do MEC

Faculdades questionam viabilidade do Fies

Pesquisa da ABMES com 1 mil pessoas entre 18 e 30 anos e ensino médio completo mostra que 78,9% dos jovens têm interesse em ingressar no ensino superior, mas 50,5% disseram não ter condições para pagar

Metade dos jovens depende de programas do governo para cursar universidade

Para diretor presidente da ABMES, Janguiê Diniz, programa de financiamento estudantil beneficia mais o país, em última instância, do que instituições privadas de ensino

63,2% dos jovens aprovam nota mínima como exigência para o Fies

Os jovens que estão fora das universidades e ainda têm interesse em ingressar no ensino superior aprovam a maior rigidez de regras para o acesso ao Fies, como a exigência de nota mínima de 450 pontos no Enem. Segundo pesquisa encomendada pela Abmes, 63,2% acha que a nota mínima deve permanecer e 17,8% disse que ela deve aumentar

Setor de educação reforça pleitos por mais financiamento do governo

O setor de ensino superior privado está reforçando ações para garantir mais recursos ao financiamento de estudantes junto ao governo federal, de olho na formatação de novas regras para o programa Fies a partir do próximo ano que estão sendo preparadas em um ambiente de restrição orçamentária

Mais de 50% dos jovens que querem cursar faculdade dependem do governo

Mais da metade dos jovens brasileiros que querem cursar o nível superior no país não tem dinheiro para pagar por sua formação e, portanto, contam com programas sociais de incentivo a educação superior do governo, como o Fies e o ProUni

Jovens brasileiros dependem dos programas sociais para cursar ensino superior

ABMES apresentou nesta quarta-feira (20), em São Paulo, dados inéditos por meio da Pesquisa "A visão dos jovens brasileiros sobre os programas sociais do MEC - A importância do Fies, ProUni e Pronatec"