Detalhe

Pesquisa ABMES revela motivações e barreiras para entrar na faculdade

25/04/2017 | Por: Guia do Estudante | 710

O que motiva os alunos do Ensino Médio a cursarem o Ensino Superior?  Quais as principais barreiras que eles encontraram para ingressar na graduação? Para responder questões como essas, a Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) e a consultoria Educa Insigths realizaram a pesquisa “Processo Decisório no acesso à Educação Superior”, em que foram entrevistadas 1.200 pessoas, entre pais, alunos e egressos do Ensino Médio, nas cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e Porto Alegre (RS), entre 3 de fevereiro e 2 de março de 2017.  Os resultados foram divulgados nesta terça, 25 de abril.
Pais

As entrevistas realizadas com os pais dos alunos mostraram que eles consideram o Ensino Superior o caminho natural logo após o Ensino Médio (78%). Eles acham importante para o processo de decisão o preço, seguido da qualidade. 98% dos pais acham importante que o filho entre na faculdade, e dentre os que não vislumbram a entrada imediata do filho no Ensino Superior, 71% antecipariam a decisão se obtivessem bolsa ou financiamento estudantil, ao passo que 62% postergariam caso o filho não passasse em uma instituição pública.

Alunos de Ensino Médio

Os estudantes foram questionados em relação aos planos após o Ensino Médio, critérios utilizados para escolha da faculdade e do curso superior. Confira as respostas:
O que planeja fazer após o Ensino Médio:

– Entrar na faculdade e começar a trabalhar (40%)

– Entrar na faculdade e se dedicar somente aos estudos (39%)

– Fazer um curso técnico (12%)

– Esperar um tempo até decidir o que fazer (6%)

– Apenas trabalhar (4%)

Critérios que consideram para a escolha de uma faculdade:

– questão financeira (18%)

– aspecto/qualidade acadêmica (17%)

– nota do MEC/Enade (15%)

– preço da mensalidade (14%)

– infraestrutura (11%)

– tradição da instituição (9%)

– recomendação (8%)

– localização (8%)

Fatores de decisão do curso superior:

– é um sonho/sempre teve vontade de fazer (60%)

– identifica-se com a profissão (52%)

– situação do mercado de trabalho (9%)

– decidiu-se em feira de profissões (3%)

– influência de professor (2%)

– influência dos pais (formados na área) (1%)

– influência de amigos (1%)

Cursos mais desejados:

– Direito

– Engenharia e Medicina

– Administração

– Psicologia

Alunos que já terminaram o Ensino Médio

Também foram ouvidos os estudantes que concluíram o Ensino Médio, mas que ainda não ingressaram no Ensino Superior – 52% deles ainda consideram  fazer uma faculdade. Veja o que responderam:

Motivos pelos quais adiou a entrada no Ensino Superior

– Não tinha condições de pagar (70%)

– Não passou em uma universidade pública (23%)

– Começou a trabalhar (21%)

– Não teve interesse (8%)

– Ingressou em curso técnico (4%)

Critérios que consideram para a escolha de uma faculdade:

– questão financeira/mensalidade (29%)

– empregabilidade (16%)

– qualidade acadêmica (14%)

– nota do MEC/Enade (12%)

– infraestrutura (9%)

– tradição da instituição (8%)

– recomendação (7%)

– localização (6%)

Veja que a questão financeira ganha mais peso se comparada às respostas dos alunos que ainda estão no Ensino Médio (18%). Empregabilidade também se torna uma preocupação.

Fatores de decisão do curso superior:

– identifica-se com a profissão (58%)

– é um sonho/sempre teve vontade de fazer (48%)

– situação do mercado de trabalho (19%)

– influência de amigos (6%)

– influência dos pais (formados na área) (4%)

– decidiu-se em feira de profissões (3%)

– influência de professor (2%)

Se a respostas “é um sonho/sempre teve vontade de fazer” alcançou 60% entre os alunos que ainda estão no Ensino Médio, aqui ela cai para 48%. Por outro lado, a situação do mercado de trabalho ganha importância neste grupo e não aparece no outro.

Cursos mais desejados:

– Administração

– Enfermagem

– Direito

– Educação Física

– Gestão em Recursos Humanos (graduação tecnológica)

Note que cursos que demandam um investimento maior, como Engenharia e Medicina, que aparecem nas respostas dos alunos que ainda estão no Ensino Médio, não constam mais aqui. No entanto, surge uma graduação tecnológica, que é um curso de duração menor e com maior foco no mercado de trabalho.


Conteúdo Relacionado

Notícias

Pesquisa ABMES: 70% dos brasileiros que entram em uma faculdade particular são obrigados a abandonar os estudos: o motivo é a falta de dinheiro

Matéria produzida pela GloboNews aborda pesquisa promovida pela ABMES em parceria com Educa Insigths

Pesquisa ABMES: Levantamento revela que 70% dos jovens estão fora da faculdade por falta de dinheiro

Matéria veiculada no SBT Brasil cita que apenas 18% dos jovens brasileiros em idade universitária estão matriculados em cursos superiores

Pesquisa ABMES: Principais entraves para o acesso à Educação Superior ainda são aspectos financeiros

Estudo "Processo Decisório no Acesso à Educação Superior" revelou que, sem ingressar nas instituições públicas ou conseguir financiamento estudantil, jovens adiam o sonho da faculdade

Pesquisa ABMES: 76% dos jovens adiariam faculdade por falta de dinheiro ou bolsa

Sete em cada dez alunos do Ensino Médio gostariam de ingressar no Ensino Superior, mostra pesquisa. Assunto foi abordado em matéria do Jornal Estadão

Pesquisa ABMES: Fator financeiro ainda é a principal barreira para o acesso ao Ensino Superior

Sem conseguir ingressar nas instituições públicas; ter acesso ao financiamento estudantil ou emprego para arcar com a mensalidade, pais e alunos adiam sonho da faculdade