Detalhe

Governo busca apoio da ABMES para mobilizar instituições de ensino superior para pacto de direitos humanos

05/10/2016 | Por: ABMES | 878

Representantes dos ministérios da Educação e da Justiça estiveram na sede da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) na terça-feira, 4, em busca de apoio a uma iniciativa de superação da violência, preconceito e discriminação no ambiente universitário.

A secretária Especial de Direitos Humanos do Ministério da Justiça e Cidadania (SEDH/MJC), Flávia Piovesan, apresentou aos representantes das instituições associadas e à diretoria da ABMES detalhes do Pacto Nacional Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade e da Cultura de Paz e Direitos Humanos – Pacto Humanos. A proposta é assegurar a proteção e a promoção dos direitos humanos nas mais de 2,3 mil instituições de ensino superior do país por meio do desenvolvimento de atividades educacionais. O texto está disponível para consulta pública, no site da SDH, para que toda a população possa dar contribuições para o aperfeiçoamento do documento.

De acordo com o diretor presidente da ABMES e secretário executivo do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior, Janguiê Diniz, todas as ações com foco em Direitos Humanos e Responsabilidade Social são fundamentais para o ensino superior. “Temos um papel na formação superior do cidadão, sem deixar de lado a nossa responsabilidade com a inclusão. Daremos todo nosso apoio à iniciativa”, afirmou. 

Também participaram da reunião a coordenadora-geral de Supervisão da Educação Superior (Seres/MEC), Amarilis Bush Tavares, representando o secretário Maurício Romão; o diretor de Políticas de Educação em Direitos Humanos e Cidadania, Daniel Ximenes, representando a secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi/MEC), Ivana de Siqueira; e o Coordenador Substituto da Coordenação Geral de Direitos Humanos (Secadi/MEC), Rafael Ferrari.

Calendário

Após a consulta pública e finalização dos documentos necessários, haverá um encontro com todas as entidades representativas da educação superior. A previsão de lançamento do pacto é na primeira quinzena de novembro. Após o lançamento, as instituições de ensino deverão formalizar sua adesão. Em seguida, as instituições terão 90 dias para apresentar um plano de trabalho, com os eixos de atuação que poderão desenvolver atividades.

A disseminação e monitoramento das atividades serão feitas por meio de um portal de Educação em Direitos Humanos, que será lançado em dezembro de 2016. Também será estabelecida uma Comissão Nacional, com representantes dos ministérios da Educação e da Justiça, da SDH, entre outras entidades e convidados. O papel da comissão será prestar orientações e apoio para a implementação do pacto, além do acompanhamento e monitoramento das ações. 

 


Conteúdo Relacionado

Legislação

LEI Nº 9.394, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1996

Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional


LEI Nº 13.663, DE 14 DE MAIO DE 2018

Altera o art. 12 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, para incluir a promoção de medidas de conscientização, de prevenção e de combate a todos os tipos de violência e a promoção da cultura de paz entre as incumbências dos estabelecimentos de ensino.


Notícias

IES particulares possuem atuação de destaque no Pacto de Educação em Direitos Humanos

Entre as iniciativas desenvolvidas por essas instituições está o primeiro seminário do projeto no Centro-Oeste. Evento acontecerá em 8 de maio, em Brasília/DF

Pacto de Educação em Direitos Humanos será lançado no DF

Já são 270 instituições de ensino superior e entidades apoiadoras que aderiram à iniciativa

Prêmio de educação em direitos humanos tem inscrições abertas

Os vencedores de todas as categorias receberão diploma e troféu, além de uma viagem para participar do Seminário Internacional de Educação em Direitos Humanos

MEC elogia plano de ação da ABMES para o Pacto de Educação em Direitos Humanos

Associação se reuniu com a coordenação do projeto para discutir o plano de ações apresentado pela instituição

Pacto de Educação em Direitos Humanos estimula o acolhimento de denúncias no âmbito das IES

Instituições podem criar canais institucionais de recebimento e encaminhamento das denúncias. Ação integra o eixo gestão do Pacto

ABMES apoia o Pacto Universitário de Educação em Direitos Humanos

O engajamento das IES é de extrema relevância para a alteração do atual cenário de violações de direitos verificado no Brasil. Por isso, a ABMES é uma das apoiadoras da iniciativa

Ações do Pacto Universitário podem ser utilizadas na Campanha de Responsabilidade Social

Termo de adesão ao programa firma compromisso de desenvolver atividades entre os eixos de ensino, pesquisa, extensão, gestão e convivência

IES assinam termo de adesão ao Pacto Universitário de Educação

Pacto Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, da Cultura da Paz e Direitos Humanos foi lançado no ano passado

ABMES assina termo de adesão ao Pacto de Direitos Humanos no ambiente universitário

O diretor executivo da Associação, Sólon Caldas, representou a associação na solenidade de lançamento, realizada quinta-feira, 24, na Capes

MEC lançará pacto para a cultura da paz e diversidade

O pacto será assinado pelos ministros da Educação, Mendonça Filho, e da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes

Pacto Universitário de Educação em Direitos Humanos será lançado no dia 24 de novembro

A iniciativa tem como meta a construção de uma cultura de paz e respeito à diversidade nas instituições de ensino