Seminário ABMES | Mudanças na educação superior: reformulação do Decreto 5.773 e os novos instrumentos de avaliação

07/11/2017 a 07/11/2017 | 8h30 (credenciamento) a 13h | Categoria: ABMES

ABMES TV

O seminário será transmitido ao vivo pela ABMES TV: https://abmes.org.br/tv. Para assistir, é preciso ser cadastrado. O cadastro é simples e gratuito.

__________________________________

A ABMES reunirá representantes da Seres/MEC e do setor particular para discutir e analisar as mudanças no Decreto 5.773 e as principais reformulações na regulação, supervisão e avaliação na educação superior, bem como para conhecer e discutir com o Inep/MEC os novos instrumentos de avaliação de cursos de graduação.

O seminário abordará os impactos dessas mudanças no cotidiano das IES.

Data: 7 de novembro de 2017, terça-feira
Horário: 8h30 (credenciamento) a 13h
Local: Auditório Victorio Lanza (Sede da ABMES), em Brasília/DF.

Coordenação

  •  Janguiê Diniz – Diretor presidente da ABMES

Expositores

  • Maria Inês Fini – Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC)
  • Henrique Sartori – Secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres/MEC)
  • Paulo Chanan – Membro do Conselho de Administração da ABMES
  • Maximiliano Damas – Especialista em avaliação da educação superior
  • José Roberto Covac – Consultor Jurídico da ABMES

Investimento

Associado ABMES - gratuito (mediante inscrição prévia)
Não associado - R$ 2.500 (Dois mil e quinhentos reais)



Brasília/DF



Compartilhar Evento Imprima seu certificado

Conteúdo Relacionado

Vídeos

Decreto 9.235: principais pontos

Publicado em 15 de dezembro de 2017, o Decreto 9.235 trouxe as novas regras com relação à regulação, à supervisão e à avaliação das instituições de educação superior e dos cursos superiores de graduação e de pós-graduação do sistema federal de ensino

Reformulação do Decreto 5.773 e os novos instrumentos de avaliação (matéria)

O novo decreto que regulamentará a educação superior no Brasil e os novos instrumentos de avaliação foram debatidos no último Seminário ABMES.

O evento contou com a presença da presidente do Inep, Maria Inês Fini, e do secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC, Henrique Sartori, além de outros especialistas. 

Reformulação do Decreto 5.773 e os novos instrumentos de avaliação (Henrique Sartori)

Vídeo de Henrique Sartori, secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres/MEC), sobre a reformulação do decreto 5.773.

Reformulação do Decreto 5.773 e os novos instrumentos de avaliação (Paulo Chanan)

Vídeo de Paulo Chanan, membro do Conselho de Administração da ABMES, sobre os novos instrumentos de avaliação.

 

Reformulação do Decreto 5.773 e os novos instrumentos de avaliação (Maximiliano Damas)

Vídeo de Maximiliano Damas, especialista em avaliação da educação superior, sobre os novos instrumentos de avaliação.

 

Reformulação do Decreto 5.773 e os novos instrumentos de avaliação (Maria Inês e Sueli Macedo)

Vídeo de Maria Inês Fini (presidente do Inep/MEC) e Sueli Macedo (Coordenadora-Geral de Avaliação dos cursos de Graduação  e Instituições de Ensino Superior) sobre os novos instrumentos de avaliação.

Reformulação do Decreto 5.773 e os novos instrumentos de avaliação (Debate)

Vídeo do debate sobre a reformulação do decreto 5.773.

Reformulação do Decreto 5.773 e os novos instrumentos de avaliação (José Roberto Covac)

Vídeo de José Roberto Covac, Consultor Jurídico da ABMES, sobre a reformulação do decreto 5.773.

Legislação

DECRETO Nº 5.773, DE 09 DE MAIO DE 2006

Dispõe sobre o exercício das funções de regulação, supervisão e avaliação de instituições de educação superior e cursos superiores de graduação e seqüenciais no sistema federal de ensino.

 


PORTARIA MEC Nº 1.382, DE 31 DE OUTUBRO DE 2017

Aprova, em extratos, os indicadores dos Instrumentos de Avaliação Institucional Externa para os atos de credenciamento, recredenciamento e transformação de organização acadêmica nas modalidades presencial e a distância do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - Sinaes.


PORTARIA MEC Nº 1.383, DE 31 DE OUTUBRO DE 2017

Aprova, em extrato, os indicadores do Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação para os atos de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento nas modalidades presencial e a distância do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - Sinaes.


PORTARIA NORMATIVA Nº 18, DE 07 DE DEZEMBRO DE 2017

Estabelece os procedimentos de pré-seleção e adesão de municípios para autorização de funcionamento de curso de graduação em medicina por instituição de educação superior privada, precedida de Chamamento Público.


DECRETO Nº 9.235, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2017

Dispõe sobre o exercício das funções de regulação, supervisão e avaliação das instituições de educação superior e dos cursos superiores de graduação e de pós-graduação no sistema federal de ensino.


PORTARIA NORMATIVA Nº 19, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2017

Dispõe sobre os procedimentos de competência do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP referentes à avaliação de instituições de educação superior, de cursos de graduação e de desempenho acadêmico de estudantes.


PORTARIA NORMATIVA Nº 20, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2017

Dispõe sobre os procedimentos e o padrão decisório dos processos de credenciamento, recredenciamento, autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento de cursos superiores, bem como seus aditamentos, nas modalidades presencial e a distância, das instituições de educação superior do sistema federal de ensino.


PORTARIA NORMATIVA Nº 21, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2017

Dispõe sobre o sistema e-MEC, sistema eletrônico de fluxo de trabalho e gerenciamento de informações relativas aos processos de regulação, avaliação e supervisão da educação superior no sistema federal de educação, e o Cadastro Nacional de Cursos e Instituições de Educação Superior Cadastro e-MEC.


PORTARIA NORMATIVA Nº 22, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2017

Dispõe sobre os procedimentos de supervisão e monitoramento de instituições de educação superior e de cursos superiores de graduação e de pós-graduação lato sensu, nas modalidades presencial e a distância, integrantes do sistema federal de ensino.


PORTARIA NORMATIVA Nº 23, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2017

Dispõe sobre o fluxo dos processos de credenciamento e recredenciamento de instituições de educação superior e de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento de cursos superiores, bem como seus aditamentos.


PORTARIA NORMATIVA Nº 24, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2017

Estabelece o Calendário Anual de abertura do protocolo de ingresso de processos regulatórios no Sistema e-MEC em 2018.


Notícias

MEC destaca transparência e celeridade na nova legislação que regulará a educação superior no Brasil

Fala ocorreu durante o seminário Mudanças na Educação Superior: Reformulação do Decreto 5.773 e o Novos Instrumentos de Avaliação, promovido pela ABMES

Coluna

Educação Superior Comentada | A publicação da aprovação, em extrato, dos indicadores de qualidade dos instrumentos de avaliação institucional e de cursos de graduação

Ano 5 - Nº 40 - 22 de novembro de 2017

Na edição desta semana, o consultor jurídico da ABMES, Gustavo Fagundes, fala sobre a publicação, em extrato, dos indicadores de qualidade dos instrumentos de avaliação institucional externa e de cursos de graduação. Para o especialista, a medida tornou mais claras e objetivas as formas de assegurar que a avaliação reflita, efetivamente, a realidade encontrada, a melhoria da qualificação e a crescente responsabilização dos avaliadores

Educação Superior Comentada | A nova sistemática de avaliação dos indicadores relativos às bibliografias básica e complementar nos instrumentos de avaliação de cursos de graduação

Na edição desta semana, o consultor jurídico da ABMES, Gustavo Fagundes, comenta a mudança na sistemática de avaliação dos indicadores relativos às bibliografias básica e complementar nos instrumentos de avaliação de cursos de graduação. Segundo o especialista, o afastamento da utilização de parâmetros objetivos uniformes e impeditivos do pleno exercício da autonomia didático-científico das instituições representa um inegável avanço no respeito aos projetos pedagógicos das IES

Comentários