Detalhe

Capes completa 66 anos

11/07/2017 | Por: Capes | 705

Nesta terça-feira, 11 de julho, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) completa 66 anos dedicados à construção de um sistema capaz de formar recursos humanos de alto nível necessários para o desenvolvimento do país.

Criada em 1951 pelo Governo Federal do Brasil, a Capes, vinculada ao Ministério da Educação (MEC), desempenha papel fundamental na expansão e consolidação da pós-graduação stricto sensu brasileira. A história da agência se confunde com o processo de formação do sistema de pós-graduação (SNPG) brasileiro e com a construção da base sobre a qual se assenta a produção de conhecimento científico e tecnológico do Brasil. Desde 2007, atua na formação de professores da educação básica, o que permitiu a ampliação do o alcance de suas ações na formação de pessoal qualificado no Brasil e no exterior.

As atividades da Capes estão agrupadas nas seguintes linhas de ação, cada qual desenvolvida por um conjunto estruturado de programas: avaliação da pós-graduação stricto sensu; acesso e divulgação da produção científica; investimentos na formação de recursos de alto nível no país e exterior; promoção da cooperação científica internacional; indução e fomento da formação inicial e continuada de professores para a educação básica nos formatos presencial e a distância.

Sua atuação é considerada decisiva para os êxitos alcançados pelo SNPG, tanto no que diz respeito à consolidação do quadro atual, como na construção das mudanças que o avanço do conhecimento e as demandas da sociedade exigem.

SNPG
Em 2016, o Sistema Nacional de Pós-Graduação contabilizou 347.035 discentes, sendo 266.818 matriculados entre mestrado e doutorado; 80.217 titulados (59.614 mestres e 20.603 doutores) e mais de 4 mil programas de pós-graduação. Pelos principais programas da Capes de fomento à pós-graduação no Brasil foram concedidas, no mesmo ano, um total de 100.385 bolsas no país, sendo 50.273 de mestrado, 43.045 de doutorado e 7.067 de pós-doutorado. No exterior, foram cerca de 17 mil bolsas.

Acesse esses e outros dados no GeoCAPES.

Portal de Periódicos
Como instrumento essencial ao acesso e divulgação da produção científica, o Portal de Periódicos da Capes, biblioteca virtual que reúne e disponibiliza a instituições de ensino e pesquisa no Brasil o melhor da produção científica internacional, conta atualmente com um acervo de mais de 38 mil títulos com texto completo, 134 bases referenciais, 11 bases dedicadas exclusivamente a patentes, além de livros, enciclopédias e obras de referência, normas técnicas, estatísticas e conteúdo audiovisual.

O Portal foi criado tendo em vista o déficit de acesso das bibliotecas brasileiras à informação científica internacional, dentro da perspectiva de que seria demasiadamente caro atualizar esse acervo com a compra de periódicos impressos para cada uma das universidades do sistema superior de ensino federal. Foi desenvolvido ainda com o objetivo de reduzir os desnivelamentos regionais no acesso a essa informação no Brasil. Ele é considerado um modelo de consórcio de bibliotecas único no mundo, pois é inteiramente financiado pelo governo brasileiro. É também a iniciativa do gênero com a maior capilaridade no planeta, cobrindo todo o território nacional.

Avaliação Quadrienal
A Capes completa 66 anos em plena realização da Avaliação Quadrienal de todos os programas de pós-graduação stricto sensu em funcionamento no Brasil. Iniciada em 1976, a avaliação da Capes é o instrumento fundamental para o funcionamento do SNPG. Os resultados da avaliação têm usos diversos: estudantes se baseiam nas notas para escolher seus futuros cursos, e agências de fomento nacionais e internacionais orientam suas políticas de fomento segundo as notas atribuídas pela avaliação. Os estudos e indicadores produzidos pela avaliação para induzir políticas governamentais de apoio e crescimento da pós-graduação e estabelecer uma agenda para diminuir desigualdades entre regiões do Brasil ou no âmbito das áreas do conhecimento.

Conforme o desempenho acadêmico no quadriênio, os cursos recebem notas que variam de 1 a 7. Notas 1 e 2 são consideradas insuficientes e provocam o descredenciamento do curso; nota 3 corresponde a desempenho médio, que apresenta padrões mínimos de qualidade; notas 4 e 5 significam um desempenho entre bom e muito bom, sendo 5 a nota máxima para programas que possuem apenas curso de mestrado. Notas 6 e 7 indicam desempenho equivalente a padrões internacionais de excelência.

Confira a página da Avaliação Quadrienal.

Eventos
A cada cinco anos, a Capes comemora seu aniversário em formato especial, com a realização de ações e eventos. Em 2016, em comemoração aos 65 anos foi realizada a entrega do Prêmio Anísio Teixeira. Relembre a matéria.

Logomarca
Com o fim das comemorações dos 65 anos, a Capes volta a utilizar a logomarca oficial. O arquivo e orientações para o uso estão disponíveis em http://www.capes.gov.br/logomarca.


Conteúdo Relacionado

Notícias

Capes encerra inscrições para dois programas internacionais

Encerram nesta sexta-feira, 15, as inscrições para dois programas internacionais da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

Quadrienal 2017 inicia quarta semana de trabalhos

Serão analisados: Biodiversidade, Biotecnologia, Ciência da Computação, Ciências Ambientais, Ciências Biológicas I, Ciências Biológicas III, Ensino Interdisciplinar, Materiais, Medicina Veterinária, Psicologia, Teologia

Edital seleciona projetos conjuntos de pesquisa brasileiros e portugueses

O Programa visa fomentar a mobilidade de docentes e de estudantes de pós-graduação no nível de doutorado sanduíche e pós-doutorado

Programa seleciona projetos de cooperação com a Holanda

Serão concedidas bolsas nas modalidades: doutorado sanduíche, pós-doutorado e graduação sanduíche

Edital em parceria com a Bélgica seleciona projetos de cooperação

As propostas selecionadas serão contempladas com missões de trabalho, missões de estudo e recursos de custeio

Avaliação quadrienal de pós-graduação começa nesta segunda, 3

Esta é a primeira vez em que o período avaliado abrange quatro anos (2013 a 2016). Até a última avaliação, realizada em 2013, o intervalo era de um triênio