Detalhe

Para 20% dos alunos, será difícil pagar curso

03/04/2020 | Por: Valor Econômico | 435
Foto: Canstockphoto

Cerca de 20% dos alunos do ensino superior sinalizaram que podem ter dificuldades financeiras para pagar a mensalidade com o cenário econômico desencadeado pela pandemia do novo coronavírus. O dado é de um estudo feito pela consultoria Educa Insights para a Associação Brasileira das Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES).

Segundo Celso Niskier, diretor presidente da ABMES, as instituições de ensino já estão concedendo descontos ou bolsas pontuais conforme a necessidade do estudante. “O objetivo é dar ajuda individualizada para quem realmente precisa, e não um desconto generalizado”, disse Niskier.

Há um movimento de pais pedindo abatimentos nas mensalidades dos cursos presenciais porque as aulas estão sendo ministradas remotamente nesse período de quarentena. Niskier afirma que é contra o abatimento porque não houve uma substituição por curso on- line, nem redução relevante dos custos.

“Os professores continuam dando as aulas por webconferência, não são tutores como num curso on-line. Os nossos custos se mantêm. A economia com água e luz que estamos tendo não representa nem 5% dos custos totais”, disse o presidente da entidade. Segundo suas estimativas, entre 70% e 80% das instituições de ensino particulares estão dando aulas remotamente.

Ainda de acordo com Niskier, o setor está negociando com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) linhas de crédito para que as instituições de ensino possam financiar os alunos ou dar bolsas. “O programa de ajuda do governo também deve ajudar os alunos”, disse Solon Caldas, diretor executivo da associação.

O estudo da Educa Insights foi realizado com 485 alunos de cursos presencias e a distância, entre os dias 20 e 23 de março. Além de outros 512 potenciais estudantes do ensino superior para saber se sua intenção de se matricular mudou com a pandemia da covid-19.

“A pesquisa mostra que 94% dos alunos de cursos presenciais entrevistados pretendem continuar estudando, sendo que 57% têm certeza e 37% têm receio de não conseguir, por diversos motivos”, disse Daniel Infante, sócio da Educa Insights. Da base total de estudantes entrevistados, cerca de 20% aponta a perda de renda como principal fator para desistir do curso. Segundo Niskier, é necessário trabalhar com esses grupos de risco, para evitar evasão. “As instituições de ensino precisam tenham uma boa comunicação com os alunos ofertando opções de pagamento para que não haja evasão”, acrescentou Infante


Conteúdo Relacionado

Vídeos

Seminário Virtual ABMES | Coronavírus e educação superior

Confira a íntegra do Seminário Virtual ABMES, realizado no dia 2 de abril de 2020, que apresentou dados do estudo sobre o impacto do novo coronavírus na educação superior, feito pela empresa de pesquisas educacionais Educa Insights. Coordenado por Celso Niskier, diretor presidente da ABMES, o evento contou com a participação de Daniel Infante, sócio-fundador Educa Insights, e Sólon Caldas, diretor executivo da ABMES

Balanço Geral - 02/04/2020

Diretor presidente da ABMES, Celso Niskier, comenta sobre pesquisa divulgada pela Associação, em parceria com a Educa Insights, mostrando que 94% dos alunos que cursam ensino superior presencial em instituições particulares de todo o país pretendem dar continuidade aos estudos, independentemente dos impactos da pandemia do novo coronavírus

Notícias

O remédio da educação

IstoÉ: instituições particulares adotam métodos digitais de aprendizado para evitar interrupção das aulas, cumprir carga horária e diminuir impactos da pandemia

Dificuldades financeiras são principal preocupação de estudantes ante Covid-19

Estadão | Broadcast: Diretor presidente da ABMES afirma que o setor deve estudar, caso a caso, como conceder bolsas e refinanciamentos para alunos que enfrentarem desemprego ou redução de renda durante a Covid-19

Quase metade dos estudantes não sabe por quanto tempo conseguirá pagar graduação diante da crise

CBN: matéria fala sobre a pesquisa apresentada pela ABMES sobre o impacto do coronavírus na educação superior

94% dos alunos de faculdades particulares querem continuar estudando

Correio Braziliense: Estudo da Educa Insights em parecia com a ABMES mostra a percepção de alunos do ensino superior sobre a crise provocada pela Covid-19

Universitários tem fim do sonho do diploma, com efeitos do coronavírus

Estado de Minas: matéria traz dados da pesquisa divulgada pela ABMES mostrando que 94% dos alunos que cursam ensino superior presencial em instituições particulares pretendem dar continuidade aos estudos, independentemente dos impactos da pandemia

Coronavírus: 94% dos alunos de instituições particulares querem continuar estudando, diz pesquisa

Dados de pesquisa da Educa Insights foram apresentados nesta quinta-feira (02/04) pela ABMES, durante seminário virtual

Mesmo com coronavírus, 94% dos alunos vão seguir com estudos

R7: Pesquisa realizada pela ABMES aponta que o uso da tecnologia no ensino é um caminho sem volta

#ABMESINFORMA

12/03/2020

Orientações ao setor particular de educação superior sobre prevenção ao Coronavírus

Embora a incidência da doença ainda seja baixa nacionalmente, recomendamos a implementação de um plano de contingenciamento para possíveis impactos nas atividades econômicas do país