Detalhe

Intervalo de um mês entre o Enem e sua reaplicação preocupa candidatos e especialistas

20/01/2021 | Por: O Globo | 1272
Foto: Reprodução/ O Globo

Especialistas em educação e candidatos que foram impedidos de fazer a prova do Enem no último domingo em fiunção da superlotação dos locais de prova ou porque apresentaram sintomas da Covid-19 perto da data do exame estão temerosos quanto à reaplicação do teste com a diferença de mais de um mês entre uma data e outra.

Segundo o Inep, os alunos que foram afetados por “questões logísticas” durante a aplicação da primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no último domingo (17) devem comparecer ao segundo dia de exame, no próximo domingo (24), e poderão pedir reaplicação da primeira aplicação não feita.

A nota da instituição afirma que “o participante poderá realizar, normalmente, as provas do próximo domingo, 24 de janeiro, caso tenha sofrido com questões logísticas no primeiro dia de aplicação" e fazer uma solicitação entre os dias 25 e 29 de janeiro pela Página do Participante. Essa segunda aplicação ocorrerá nos dias 23 e 24 de fevereiro.

O edital prevê reaplicação para desastres naturais (que prejudiquem a aplicação devido ao comprometimento da infraestrutura do local), falta de energia elétrica (que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural), falha no dispositivo eletrônico fornecido ao inscrito que solicitou uso de leitor de tela ou erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador, que tenha, comprovadamente, causado prejuízo ao participante.

Alunos que não fizeram a prova por conta das salas superlotadas podem pedir a reaplicação alegando "erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador". A solicitação deve ser feita entre os dias 25 e 29 de janeiro, pela Página do Participante, em que o inscrito também deverá consultar o resultado da solicitação.

Especialistas sugerem alternativas
A informação divulgada nesta terça gerou dúvidas entre os estudantes e questionamentos entre especialistas que apontam que, pedagogicamente, é ruim ter uma diferença de mais de um mês entre uma avaliação e a outra.

A distância entre uma aplicação e outra tendo alunos que podem fazer um dia de prova em janeiro e outro em fevereiro é vista com preocupação por Miguel Rugento, especialista em avaliação pela PUC-Rio.

— O Inep está garantindo que os alunos tenham a avaliação completa, e isso é bom. Mas toda a avaliação tem um objetivo, que é retratar como está o aluno naquele momento. Ter um mês de diferença amplia o quadro de variáveis para esse retrato. O argumento que isso não é um problema, já que a correção é feita pela Teoria de Resposta ao Item, anula a individualidade dos candidatos que estão vivendo uma maratona de mais de um ano. Pedagogicamente, essa distância é ruim, mas em termos logísticos ela é a única opção — afirma Rugento.

O professor acredita que uma alternativa para essa questão seria resgatar futuramente o projeto de mais aplicações da prova durante o ano e usar a nota mais alta.

Para a aluna Roberta Silva, que não conseguiu fazer a prova pois sua sala estava lotada, o Enem deveria ser adiado novamente.

—  A gente só poderia fazer a prova com condições seguras. Saí de casa, peguei transporte, me arrisquei e fui barrada. Vou pedir a reaplicação, mas isso gera mais insegurança de passar mais um mês ansiosa para uma prova sem saber como estaremos durante a pandemia — relata.

Para Rogério Coutinho, coordenador do curso Vetor, essa distância entre as provas não deve gerar alterações nas notas, mas pode trazer ansiedade aos estudantes.

— O psicológico dos alunos já está extremamente abalado. As desigualdades educacionais se ampliaram na pandemia, o nervosismo com a prova se juntou ao medo da pandemia, e esses novos problemas causam mais insegurança. Pelo número de reaplicações, isso não deve alterar o cenário total, mas cada um desses estudantes deve ser acompanhado de perto, já que estão em um quadro delicado – afirma.


Conteúdo Relacionado

Notícias

Reaplicação do Enem tem mais de 70% de abstenção

Gabaritos das provas estarão disponíveis na segunda-feira

Enem tem hoje segundo dia de reaplicação de provas

Resultados finais serão divulgados no dia 29 de março

Começa hoje a reaplicação do Enem

Reaplicação terá as mesmas regras do exame regular

Prazo para pedir reaplicação do Enem digital termina nesta sexta

Têm direito a refazer o exame os candidatos que tiveram problemas logísticos, como falta de luz, ou quem teve diagnóstico de Covid-19. A reaplicação será na versão impressa até para os inscritos no digital.

Inep divulga nesta sexta os resultados dos pedidos de reaplicação do Enem impresso

Estudantes com diagnósticos de Covid ou aqueles prejudicados por problemas logísticos, como salas lotadas, tiveram o direito de solicitar uma nova prova.

Candidatos do Enem Digital prejudicados poderão pedir reaplicação em papel

Os participantes têm entre 8 e 12 de fevereiro para solicitar a reaplicação. Quem faria a prova, mas foi diagnosticado com covid-19 também terá nova chance

Prazo para pedir reaplicação do Enem 2020 termina nesta sexta

Estudantes com diagnósticos de Covid ou aqueles prejudicados por problemas logísticos, como salas lotadas, têm até as 23h59 desta sexta para solicitar o direito a uma nova prova

Enem digital será presencial e candidato deve levar caneta preta

Provas de linguagens, ciências humanas e redação serão no domingo (31)

Enem 2020: gabarito oficial sai nesta quarta

Não há um horário definido. Resultados individuais só serão divulgados pelo Inep em 29 de março

Gabaritos do Enem serão divulgados nesta quarta-feira

Gabaritos do Enem serão divulgados nesta quarta-feira

Abstenção do Enem 2020 é de 55,3%; pedido de reaplicação deve ser feito a partir desta segunda

Quem perdeu a prova porque as salas estavam lotadas no domingo passado tem a partir de 12h de segunda até sexta para solicitar um novo exame

Enem 2020 tem novidades em acessibilidade

Entre as novas medidas está a redação em braile

Declaração de comparecimento ao 2º dia do Enem está disponível

Inscritos que precisam comprovar a participação no exame deverão levar o documento para o local de prova e apresentá-lo ao aplicador

Justiça mantém provas do Enem no próximo domingo (24)

Decisão contrária à Defensoria diz que não há prova de que protocolos sanitários foram descumpridos no 1º dia do exame

Candidatos com sintomas de COVID-19 podem pedir reaplicação do Enem

Solicitação pode ser feita na Página do Participante

Defensoria diz que Inep não garantiu segurança e pede suspensão do Enem

Segundo órgão, candidatos barrados por salas lotadas são prova de desrespeito a protocolos prometidos

Prouni 2021 divulga candidatos selecionados na primeira chamada nesta terça

Programa seleciona candidatos para bolsas parciais e integrais em universidades particulares

Enem 2020: sob pressão, Inep mantém exame neste mês e preocupa famílias de candidatos

Provas acontecem a partir do próximo domingo em meio a um pico de casos de Covid-19

MEC prevê iniciar avaliação para 'Enem seriado' em 2021, e publica portaria com diretrizes

Em meio aos pedidos de adiamento do Enem 2020, marcado para janeiro, MEC dará início a avaliação de alunos do ensino médio, o chamado 'Enem seriado'. Eles farão uma prova ao fim de cada ano do ciclo. Mudança faz parte do novo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb)

Diretor responsável pelo Enem morre de COVID-19

O general Carlos Roberto Pinto de Souza era o diretor de Avaliação da Educação Básica do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), responsável pelo Enem

'Não vamos adiar o Enem', afirma ministro da Educação

Milton Ribeiro atribui apelo para adiamento do exame pela pandemia a 'minoria barulhenta' em entrevista à CNN Brasil

Enem 2020: a menos de 7 dias da prova, ação judicial e entidades questionam se medidas adotadas contra a COVID são suficientes

O Inep, que aplica o exame, disse à Justiça que "reorganizar um calendário a nível de Enem é fragilizar e colocar em risco políticas públicas". Especialistas ouvidos consideram que risco de contaminação nas condições da prova é pequeno ou moderado

Inep defende calendário do Enem e afirma tomar medidas redobradas de prevenção à COVID

Órgão responsável pela prova, marcada para os dias 17 e 25 de janeiro, se manifesta após pedido de adiamento feito pela Defensoria Pública e Ministério Público Federal

Datas do Enem devem ser mantidas

Inep diz que está preparado para prova em ambiente de pandemia

Enem: Publicada a nova cartilha de redação do exame

Documento esclarece dúvidas em relação à metodologia de correção e às competências avaliadas na redação do Enem, e tem versões inéditas para participantes surdos, com deficiência auditiva ou dislexia