Detalhe

Ministro da Educação diz que lançará política nacional de recuperação de aprendizagens

05/05/2022 | Por: O Globo | 413

Cinco meses após a volta às aulas em 2022, o ministro da Educação, Victor Godoy Veiga, afirmou que lançará nesta semana uma política nacional de recuperação de aprendizagens perdidas por conta da pandemia. O anuncio foi feito nesta quinta-feira na abertura do Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP). Segundo ele, a política terá três eixos: recuperação de aprendizagens, combate à evasão e estímulo ao uso de tecnologia nas escolas.

— Estamos formulando um projeto audacioso para preparar melhor esses estudantes que lá na frente vão ingressar no ensino superior — afirmou Veiga, sem dar mais detalhes do programa.

A falta de uma orientação central do Ministério da Educação no combate às consequências de quase dois anos de escolas fechadas ou em sistema híbrido é uma das principais críticas de especialistas ao enfrentamento do governo federal à pandemia.

O ministro participou do encontro de forma virtual. Ele chegou a voar até Florianópolis, onde é realizado o evento, mas precisou voltar para Brasília para uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro.

— Esse ano exigirá um esfoço adicional para superarmos os desafios que se colocam à nossa frente. A pandemia afetou os sistemas educacionais de todo mundo com o fechamento de escolas, em especial na educação básica — afirmou.

Godoy afirmou ainda que o país está perto de bater a meta 12, do Plano Nacional de Educação, que é elevar a taxa bruta de matrícula na Educação Superior para 50% e a taxa líquida para 33% da população de 18 a 24 anos. Em 2020, o índice já era de 48,6%.

- Estamos próximos de atingir a meta e o mercado privado tem a maioria das matrículas - afirmou.

No evento realizado pelo setor de universidades privadas, Godoy afirmou ainda que está revisando os fluxos regulatórios e que deve anunciar, em breve, "mudanças com redução de burocracia e prazos". Ele ainda anunciou que as avaliações virtuais in loco, que foram adotadas antes da pandemia, serão mantidas.

A avaliação virtual in loco foi a alternativa encontrada pelo Inep para sanar as demandas reprimidas de avaliação externa nas IES durante a pandemia da Covid-19. Até a implementação do modelo virtual, 857 processos de avaliação institucional e de cursos estavam estagnados. As visitas virtuais começaram em abril de 2021 e fechou o ano com 3.686 avaliações, sendo 3.111 virtuais e 575 presenciais.

Victor Godoy era secretário executivo do MEC desde julho de 2020, mesmo período em que Milton Ribeiro assumiu o comando do órgão, e foi nomeado ministro interinamente em março após a saída de Ribeiro. Em abril, ele foi oficializado no cargo.

Milton Ribeiro deixou o ministério após polêmica envolvendo o repasse de verbas da pasta a municípios escolhidos por dois pastores sem ligação com o ministério.

Antes de ser convidado para assumir a secretaria-executiva do MEC, Godoy Veiga fez carreira como auditor federal de finanças e controle da Controladoria-Geral da União (CGU), onde trabalhou de 2004 a 2020.


Conteúdo Relacionado

Notícias

Ministro da Educação participa de abertura do XIV CBESP

O ministro da Educação, Victor Godoy Veiga, participou nesta quinta-feira (05) da solenidade de abertura do XIV Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP)

Ministro da Educação anuncia política de recuperação da aprendizagem

Sem detalhar o plano, Victor Godoy disse se tratar de um 'projeto bastante audacioso para preparar estudantes para ingressar no ensino superior'; MEC vem sendo criticado pela falta de apoio para garantir aprendizagem durante a pandemia

Em SC, ministro da Educação fala em combate à evasão escolar e tecnologia nas universidades

Victor Godoy participou da abertura do Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, que ocorre em Florianópolis

Evento debate inovação e criatividade do ensino superior no pós-pandemia

Além dos painéis temáticos, distribuídos ao longo da programação, serão realizados cinco workshops para a prática das iniciativas

Abertura do CBESP terá sessão solene com ministro da Educação e bate-papo sobre criatividade e inovação com o publicitário Nizan Guanaes

Após as palestras, a noite será animada pelo cantor de rock Paulo Ricardo com o show “Voz, Violão e Rock’n’Roll” em que ele canta todos os seus grandes sucessos

14ª edição do CBESP debaterá o impacto da inovação e da criatividade no setor educacional

Nos dias 5, 6 e 7 de maio, educadores de todo o país estarão reunidos presencialmente em Florianópolis/SC

XIV CBESP: inscrições abertas!

14ª edição do principal evento da educação superior brasileira será realizada no Costão do Santinho Resort, em Florianópolis/SC