Detalhe

EAD deve ultrapassar ensino presencial em 2022

28/06/2022 | Por: Monitor Mercantil | 619

Levantamento da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes) prevê que o Ensino à Distância (EAD) tende a superar o presencial em 2022. Segundo o balanço, a procura pela modalidade aumentou 59% entre 2020 e 2021, em comparação aos anos anteriores.

Os dados vão ao encontro das informações disponibilizadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e pelo Ministério da Educação (MEC), que apontam que os cursos de EAD no país em 2020 receberam mais matrículas do que os presenciais, tanto na rede pública quanto na privada, conforme indicativos do Censo da Educação Superior 2020, divulgado em fevereiro.

Dos mais de 3,7 milhões de ingressantes de 2020 em instituições públicas e privadas, mais de 2 milhões (53,4%) optaram pela modalidade remota e 1,7 milhão (46,6%), pela presencial, segundo a Agência Brasil.

Com a adoção e avanço de regimes de trabalho remoto e híbrido, as empresas precisaram digitalizar cada vez mais suas rotinas. Em 2021, os cursos corporativos online representaram 37% das horas investidas em capacitação e desenvolvimento, segundo dados da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD).

Segundo o relatório “Tendências de Gestão de Pessoas em 2022”, realizado pelo Great Place to Work (GPTW), a adoção de novas políticas de trabalho foi o maior desafio (59%) enfrentado pelas empresas em 2021, seguido da comunicação interna (49,2%) e o desenvolvimento de lideranças (39,8%).