Detalhe

Perspectiva de inserção no mercado de trabalho

24/07/2022 | Por: O Dia | 199

Apesar dos impactos da pandemia de covid-19, as pesquisas demonstram crescimento nas matrículas nas três modalidades (presencial, remota e híbrida). Mas qual é a perspectiva de inserção no mercado de trabalho?

Dados sobre empregabilidade divulgados este mês pela Abmes, em parceria com a Symplicity, revelaram que 69% dos graduados no ensino superior conseguiram emprego em até um ano. O levantamento foi feito com base em 1.989 pessoas formadas em 10 instituições privadas de todas as regiões do Brasil entre julho de 2020 e junho de 2021. O diretor-presidente da Abmes, Celso Niskier, destacou que a pesquisa concluiu que as áreas de saúde e tecnologia apresentam índices maiores de empregabilidade.

Outro destaque da pesquisa é a expressiva taxa de tecnólogos que conseguiram colocação no mercado de trabalho. Entre os pesquisados, 69% estão empregados com média salarial de R$ 3.709,48. A rápida absorção de profissionais de saúde e o interesse crescente por tecnólogos estão entre as razões que mantêm a procura por cursos técnicos em alta no Brasil.

A Nutrix, que oferece cursos e treinamentos em enfermagem, teve aumento de 200% nas matrículas no primeiro semestre de 2022. "Nossa meta é dobrar esse crescimento até o final do ano, investindo em equipamentos para aulas e aprimoramento dos docentes", revela Kely Cruz, gestora da escola técnica do Rio que se adaptou rapidamente à tecnologia quando a pandemia exigiu o isolamento. O avanço na vacinação, no entanto, permitiu a retomada do modelo presencial, que Kely e outros profissionais consideram o ideal para cursos da área de saúde.

"Nossa metodologia de ensino é pautada em aulas práticas, com laboratório equipado, professores especialistas e atuantes no mercado de trabalho. Temos como recurso a programação dos nossos simuladores. Com isso, o aluno tem a vivência de um atendimento real antes de encarar o estágio e chegar ao campo prático", pontua Kely, destacando que as parcerias para estágios estão entre os diferenciais da Nutrix.

Além de convênios para estágio curricular com hospitais da Secretaria Municipal de Saúde do Rio, prefeitura de Duque de Caxias, hospitais particulares e com o Grupo GSH, maior banco de sangue privado do país, a Nutrix mantém parceria para estágio remunerado com a NUBE e convênio para todos. "Formamos mais de 3 mil profissionais e temos dezenas inseridos em hospitais públicos e privados, realizando o sonho de atuar na área da saúde e mudando a enfermagem. Formamos profissionais que queremos ter quando precisarmos de cuidados", diz Kely.

A diversidade, por meio de palestras de conscientização, e a sustentabilidade, através de disciplinas específicas no currículo, são outros diferenciais da Nutrix. Para completar, a escola técnica é energeticamente autossuficiente, já que conta com uma usina de produção de energia solar.