Detalhe

Lideranças do setor de Serviços debatem a Reforma Tributária com o relator, dep. Luiz Carlos Hauly

21/08/2017 | Por: Fórum | 76

Na próxima quarta-feira (23), lideranças de diversos segmentos do setor de Serviços debaterão a Reforma Tributária que tramita no Congresso Nacional com o dep. Luiz Carlos Hauly (PSDB/PR), relator da matéria. O objetivo é que o parlamentar ouça as contribuições do setor, responsável por mais de 20 milhões de empregos. O encontro acontecerá na sede da ABMES, em Brasília/DF, das 14h às 15h30.

O relator apresentou sua proposta de Reforma Tributária ampla e estruturante no dia 18/08 ao presidente Michel Temer e apresentará amanhã, dia 22/08, à Comissão Especial.

É importante que o setor conheça as propostas e apresente sua visão acerca dos impactos da criação de um grande IVA (juntando ICMS, ISS, PIS, COFINS, IPI) com alíquota única para todos e regime não cumulativo. Outro ponto de atenção é a tributação de lucros e dividendos. Também será importante avaliar como a reforma proposta tratará as contribuições incidentes sobre a folha de pagamentos, que representam parcela expressiva da carga tributária sobre os Serviços e provocam distorções no mercado de trabalho.

Os deputados Laercio Oliveira (SD/SE), Izalci Lucas (PSDB/DF) e Walter Ihoshi (PSD/SP) também participarão do encontro.

Assista ao evento

Diante da relevância da temática tributária, a ABMES irá transmitir esse encontro. Para acompanhar todo o debate, acesse a ABMES TV. Além disso, também serão realizadas entrevistas ao vivo diretamente na página da ABMES no Facebook.

Atuação incisiva

O Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular luta permanentemente contra propostas tributárias que possam onerar o setor. Nesse sentido, o Fórum é uma das instituições líderes da Mobilização Contra a Reforma do PIS/COFINS, que há dois anos evita o forte aumento de carga tributária embutida na proposta.

Participe da Mobilização Nacional Contra a Reforma do PIS/COFINS

A iniciativa visa evitar que a proposta de reforma do PIS/COFINS prospere, o que provocaria um aumento de impostos correspondente a 5% do faturamento das instituições de ensino. Para isso, desenvolve trabalhos nas redes sociais:

FACEBOOK/INSTAGRAM – A mobilização conta com uma ativa rede no Facebook de 93.000 participantes que compartilham notícias, cards, gifs, entre outros materiais de alerta. Para participar, curta a página www.facebook.com/contramaisimpostos e compartilhe as postagens.

WHATSAPP – Essa poderosa ferramenta é importante para alertar a sociedade. Empresários, professores, alunos, pais de alunos, todos podem difundir conteúdos que ajudam a evitar medidas que vão prejudicar a educação particular e pesar no bolso de todos. Assim, diversos conteúdos específicos também estão disponíveis e podem ser obtidos. Para receber, é preciso se cadastrar no WhatsApp da Mobilização enviando a palavra “OK” para o número (11) 97458-0222, no site www.contramaisimpostos.com.br e no Facebook www.facebook.com/contramaisimpostos .


Conteúdo Relacionado

Notícias

Empresários do setor de Serviços apresentam propostas contra reforma do PIS/Cofins

Em encontro com parlamentares, lideranças empresariais destacaram o impacto negativo que a Reforma Tributária em andamento causaria ao setor, com aumento de mais de 5% na carga tributária