Detalhe

Temos que seguir exemplos de sucesso na volta às aulas, diz associação

17/09/2020 | Por: CNN Brasil | 1656
Foto: Reprodução/ CNN Brasil

O diretor-executivo da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), Sólon Caldas, classificou como acertada a decisão da retomada das aulas nas universidades na cidade de São Paulo a partir de 7 de outubro, mas defendeu o mesmo para todos os outros setores da educação.

"Decisão acertada na medida em que vários setores da economia já retornaram suas atividades, e a educação foi ficando em último plano", avaliou ele, que defendeu o retorno gradual com base em locais que tiveram sucesso na retomada.

"Nós temos exemplos de outras cidades que já retomaram suas atividades presenciais já há algum tempo e sem registro de infecção da Covid-19 por conta das salas de aulas", relatou.

"Já temos esse precedente de sucesso e precisamos, realmente, retomar aos poucos as atividades presenciais, não só nas universidades, mas também em toda a educação do nosso país", considerou.

Caldas ressaltou que, apesar da definição da data, o ensino remoto deve continuar em alguns casos, já que está permitido até o final do ano por conta de decreto assinado durante a pandemia.

"Alguns devem voltar ao presencial, seguindo todos os procedimentos de segurança, enquanto outros vão continuar tendo essas aulas remotas até que tudo isso seja minimizado e possamos retomar 100% das atividades na educação", disse.

 


Conteúdo Relacionado

Vídeos

Jornal da Record News | Prefeitura de SP libera aulas presenciais em universidades

Sólon Caldas, diretor executivo da ABMES, fala sobre o retorno das aulas presenciais nas instituições de educação superior em São Paulo/SP, após a quarentena imposta pela pandemia da Covid-19

CNN | SP: Universidades reabrem a partir de 7 de outubro

Em entrevista ao vivo para a CNN, o diretor-executivo da ABMES, Sólon Caldas, classificou como acertada a decisão da retomada das aulas nas universidades na cidade de São Paulo a partir de 7 de outubro, mas defendeu o mesmo para todos os outros setores da educação

Legislação

PORTARIA MEC Nº 544, DE 16 DE JUNHO DE 2020

Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais, enquanto durar a situação de pandemia do novo coronavírus - Covid-19, e revoga as Portarias MEC nº 343, de 17 de março de 2020, nº 345, de 19 de março de 2020, e nº 473, de 12 de maio de 2020.


Notícias

"Instituições de ensino estão preparadas para receber alunos presencialmente", garante diretor da ABMES

Brasil 61: Em entrevista, Sólon Caldas, o diretor executivo da ABMES, afirmou que EAD proporciona oportunidade de capacitação profissional para pessoas que vivem em cidades sem acesso à educação presencial

Instituições brasileiras seguem mesmas diretrizes de países como Alemanha e Japão para retomada das aulas presenciais

Protocolos de segurança sanitária e adoção de ensino híbrido são marcas comuns entre os países pesquisados

Instituições de educação superior se preparam para retorno das atividades presenciais

ABMES monitora decisões em todas as unidades federativas para volta às aulas

MEC lança Protocolo de Biossegurança para o retorno às aulas

Documento contém medidas de prevenção e segurança às instituições que planejam o retorno presencial às aulas