Detalhe

Estudantes não querem mais adiar o sonho do curso superior

17/11/2020 | Por: ABMES | 374
Reprodução/You Tube ABMES e Educa Insights divulgam dados otimistas para 2021

A tendência de recuperação do setor privado de ensino superior dá os primeiros sinais depois de oito meses de pandemia da Covid-19 no Brasil. Há uma demanda reprimida de estudantes interessados em investir em suas graduações que demonstram interesse em começar os estudos no primeiro semestre de 2021.  Essa é uma das conclusões da quinta onda da pesquisa “Coronavírus e Ensino Superior: o que pensam os alunos”, realizada pela empresa de pesquisas educacionais Educa Insight e divulgada pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) nesta terça-feira (17/11).

De acordo com o levantamento, 38% dos entrevistados afirmam querer começar a graduação no próximo semestre – cenário imediato do primeiro semestre de 2021 – crescimento de 24 pontos percentuais (pp) em comparação com a apuração anterior, realizada em julho e se referindo ao segundo semestre de 2020. Somado a esse maior entusiasmo, está a queda da incerteza, de 38%, em julho, para 26% no contexto atual.

Para os cursos presenciais, o otimismo se mostrou maior elevação. Na evolução das fases da pesquisa, a intenção de matrícula registrou índice de 16% em abril, no início da pandemia –, chegou ao patamar de 5% em julho e, atualmente está em 33%. O avanço indica o aumento na confiança na adoção das medidas de biossegurança definidas pelas autoridades e o conforto dos estudantes em retomar as atividades presenciais a partir do próximo ano. Entre os cursos a distância (EAD) – que incluem também os híbridos e semipresenciais – a variação foi menor e, ainda assim, houve crescimento de 12 pp.

“O cenário da 5ª fase aponta um aumento da intenção de matrículas na graduação, incluindo a modalidade presencial, o que mostra que os jovens não querem mais adiar o sonho do curso superior, o que traz leve otimismo ao setor”, comentou o diretor presidente da ABMES, Celso Niskier.


Área da saúde
O levantamento procurou saber quais os cursos mais chamam a atenção dos futuros graduandos. Entre os 15 cursos mais procurados – que representam mais de 70% das intenções de matrícula –, aqueles que pertencem à área da saúde tiveram destaque, como enfermagem, psicologia, educação física, biomedicina, nutrição e fisioterapia. No rol das ofertas presenciais, graduações relacionadas à saúde correspondem a 36,1% do interesse, e, na modalidade EAD, equivalem a 17,5%.

“A preferência por formações na área da saúde expõe a crescente valorização desses profissionais durante o combate à pandemia, em especial na linha de frente de enfrentamento”, pontuou Niskier.

Enem e oportunidades de ingresso
Os estudantes estão atentos à mudança das datas de provas e resultados do Exame Nacional de Estudantes (Enem). Para os entrevistados, as notas conquistadas são determinantes o momento da decisão, bem como do curso e instituição que serão escolhidos. A grande maioria (57%) dos entrevistados consideram importante a divulgação das notas do exame para conseguir a melhor bolsa ou desconto possível na negociação com a IES.

Levantamento
O levantamento “Coronavírus e Educação Superior: o que pensam os alunos” foi realizado pela ABMES em parceria com a Educa Insights entre 13 e 15 de novembro, via internet. Em sua 5ª fase foram consultados 1.102 homens e mulheres, de 17 a 50 anos, que desejam ingressar em cursos presenciais e EAD ao longo dos próximos 18 meses, em todas as regiões brasileiras.  

Ao longo de todas as fases da pesquisa foram ouvidos 4.490 alunos de graduação, matriculados em cursos presenciais ou EAD de instituições particulares, há pelo menos 6 meses e potenciais alunos que tenham interesse de iniciar cursos de graduação presencial ou EAD em faculdades privadas nos próximos 18 meses. Foram realizadas quatro outras etapas do levantamento, nos meses de março (1ª fase), abril (2ª fase), maio de 2020 (3ª fase) e julho (4ª fase).

Números da educação superior particular
Segundo dados do Censo da Educação Superior de 2019, divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC), o segmento é responsável por 94,9% da oferta de educação superior do país, considerando as modalidades presencial e EAD.
Quanto às matrículas, as instituições particulares de educação superior (IES) foram responsáveis por 75,8% em 2019, sendo 35% a distância (EAD) e 65% presencial.

Clique aqui para acessar a íntegra da pesquisa.

 


Conteúdo Relacionado

Vídeos

Coronavírus e educação superior: 5ª fase do estudo sobre o que pensam os alunos

Confira a íntegra do seminário "Coronavírus e educação superior: 5ª fase do estudo sobre o que pensam os alunos". O evento foi realizado na terça-feira (17/11), pelo YouTube da ABMES

 

Bate-papo com Inep: avaliação de curso e de IES

Confira a íntegra do bate-papo com o Inep, realizado em 29 de outubro de 2020, pelo canal da ABMES no YouTube. O evento tratou sobre a avaliação de curso e de instituições de educação superior (IES)

Bate-papo com o Ministro da Educação, Milton Ribeiro

Confira o bate-papo inédito com o Ministro da Educação, Milton Ribeiro, realizado em 28 de agosto de 2020. 

- Participação
Milton Ribeiro – Ministro da Educação
Celso Niskier – Diretor presidente da ABMES
Sólon Caldas – Diretor executivo da ABMES

Seminário Virtual ABMES | Coronavírus e educação superior: 4ª onda do estudo

Confira a íntegra do seminário virtual da ABMES "Coronavírus e educação superior: 4ª fase do estudo sobre o que pensam os alunos". Coordenação: Celso Niskier, diretor presidente da ABMES Participação: Daniel Infante, sócio-fundador Educa Insights Sólon Caldas, diretor executivo da ABMES

Bate-papo CNE e Seres/MEC: Aula práticas nas IES em tempos de Covid-19

Confira a íntegra do webinar "Bate-papo CNE e SERES/MEC: aulas práticas nas IES em tempos de Covid-19", realizado em 16 de junho 2020, com a participação de Luiz Roberto Liza Curi, presidente do CNE e Márcio Coelho, diretor de Política Regulatória da SERES/MEC

Seminário Virtual ABMES | Coronavírus e educação superior: 3ª onda do estudo

Confira a íntegra do seminário virtual da ABMES "Coronavírus e educação superior: 3ª fase do estudo sobre o que pensam os alunos". Coordenação: Celso Niskier, diretor presidente da ABMES Participação: Daniel Infante, sócio-fundador Educa Insights Sólon Caldas, diretor executivo da ABMES 

Seminário Virtual ABMES | Coronavírus e educação superior: 2ª onda do estudo

Confira a íntegra do Seminário Virtual ABMES, realizado no dia 5 de maio de 2020, que apresentou a segunda onda do do estudo sobre o impacto do novo coronavírus na educação superior, feito pela empresa de pesquisas educacionais Educa Insights. Coordenado por Celso Niskier, diretor presidente da ABMES, o evento contou com a participação de Daniel Infante, sócio-fundador Educa Insights, e Sólon Caldas, diretor executivo da ABMES

Legislação

PORTARIA MEC Nº 984, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2020

Altera a Portaria 794/2013 que organiza o Censo da Educação Superior.


PORTARIA SETEC Nº 589, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2020

Prorroga, até 28 de fevereiro de 2021, o prazo para análise dos pedidos de autorização de cursos técnicos recebidos entre 1º de julho e 31 de agosto de 2020, de que trata a Portaria Setec nº 62, de 24 de janeiro de 2020, alterada pela Portaria Setec nº 394, de 30 de junho de 2020.


PORTARIA INEP Nº 599, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2020

Declara a revogação do ato normativo inferior a decreto no âmbito do Inep, para os fins do disposto no art. 8º do Decreto nº 10.139, de 28 de novembro de 2019.


PORTARIA CAPES Nº 157, DE 27 DE OUTUBRO DE 2020

Dispõe sobre os prazos para entrega da prestação de contas final e para atendimento à diligências de beneficiários de Auxílio Financeiro a Projeto Educacional ou de Pesquisa (AUXPE) da CAPES durante a pandemia reconhecida pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020.


Notícias

Pandemia cria demanda reprimida para educação superior em 2021

Estudo com mais de 1.000 pessoas mostra que brasileiros que estavam adiando os estudos pretendem retomar planos nos próximos meses

Educação é atividade essencial

Correio Braziliense: Em artigo, Celso Niskier, diretor presidente da ABMES, avalia que o setor educacional é tão importante quanto outras atividades econômicas

ABMES pede agilidade nos processos em andamento em reunião com Seres/MEC

Encontro teve como objetivo apresentar o trabalho da nova gestão da secretaria e anunciar as próximas medidas para a redução do estoque de processos em trâmite no sistema e-MEC

Brasil ainda longe das metas na educação

Os números projetados em 2014 para o Brasil ter de fato um salto na educação no prazo de um decênio estão ficando cada vez mais distantes e não serão alcançados no tempo estipulado.

Revista Valor 1000: Na rota da consolidação

Forte queda nos contratos do Fies, pandemia que afeta a entrada de calouros e mudanças digitais levam a fusões e aquisições

Futuros universitários ainda sofrerão efeitos da pandemia em 2021

Além de interferir na rotina de quem já está matriculado no ensino superior este ano, a pandemia de covid-19 também vai impactar aqueles que pretendem entrar na universidade em 2021

ABMES Pesquisas