Detalhe

Tendências tecnológicas na educação 4.0 em 2021

25/02/2021 | Por: Edulabzz | 758

A área de educação enfrentou desafios dramáticos em 2020 devido às mudanças socioeconômicas causadas pela pandemia. Além disso, o avanço de tendências tecnológicas na educação contribuiu para os desenvolvimentos de novidades para 2021 que incluem IA, e-learning, realidade virtual e aumentada, 5g, análise de aprendizagem e gamificação, além de outras ferramentas digitais. 

A questão, é que quando falamos de educação e tecnologia, as novas tendências empolgantes referem-se ao aprimoramento do ambiente de aprendizagem com tecnologias digitais. No entanto, existem outras maneiras inovadoras pelas quais os educadores estão implementando a tecnologia. Os sistemas de gerenciamento de aprendizagem (LMS) e os sistemas de gerenciamento de treinamento podem existir há vários anos, mas ainda têm um potencial inexplorado. 

O criador do laboratório de inovação educacional Edulabzz, Lucas Moraes explica que essas tendências irão crescer nos próximos anos e que o coronavírus foi um gatilho para que as instituições pensassem além do estudo presencial. “Devido a pandemia global da Covid-19, muitas escolas e faculdades têm ministrado aulas em um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Muitos provavelmente continuarão assim, então o investimento em plataformas de LMS são necessárias para que não agrave a  crise do setor”. 

O último relatório divulgado pelo NewSchools, organização sem fins lucrativos dos Estados Unidos que apóia e investe no setor educacional, destaca que 65% dos professores dizem que usam ferramentas digitais de aprendizagem diariamente e que 78% dos alunos consideram os e-books mais eficazes do que os livros de papel tradicionais. Além disso, 97% dos alunos gostariam de se inscrever em um curso de RV e 85% dos professores concordam ou concordam totalmente que há grande valor em usar ferramentas de aprendizagem digital na sala de aula no futuro. 

“É notável que o e-learning vai ser a principal condição abordada pelo setor nos próximos anos. O estudo remoto é viável não apenas em momentos de pandemia, mas para áreas rurais que não possuem fácil acesso às escolas. Com investimento do governo em boas conexões, é possível melhorar essa questão social”, comenta Lucas Moraes, CEO da Edulabzz.  

Dentre as tendências, temos o e-learning, que significa aprender por meio de computadores ou dispositivos semelhantes com conexão à Internet. Ajuda os alunos a explorar e avaliar ideias de uma maneira muito melhor do que o aprendizado tradicional. Há também a inteligência artificial que já é uma das tendências atuais em tecnologia educacional, e está ajudando alunos em todo o mundo, de forma proeminente, de várias maneiras: os alunos têm aulas de reforço mais personalizadas, o processo de aprendizagem acelera por meio de Al, a forma tecnológica do material é mais compreensível, ajuda os educadores a reconhecer as deficiências educacionais e cria um sistema de aprendizagem global. 

Realidade virtual também é uma tendência que otimiza o tempo dos alunos e professores e estará presente a partir do próximo ano por causa de ações como download rápido de vídeo, assistência aprimorada na aprendizagem e salas de aula inteligentes economizando tempo por meio da IoT.  

“A gamificação é uma das principais tendências emergentes em tecnologia educacional para melhorar os resultados da educação. Como o nome indica, é um sistema de aprendizagem por meio de jogos e brincadeiras. Os educadores tendem a transformar a atmosfera da sala de aula em um ambiente de jogo”, comenta o empresário.  

Imersão das tendências no setor brasileiro  

A Edulabzz é um laboratório de inovação com DNA de startup, que possui várias versões do Toolzz e cada uma é dedicada para uma experiência. O Toolzz Play é criado para os alunos e funciona como um?Learn Experience Platform (LXP), onde oferece uma prática de aprendizagem futurista, alinhada com as novas gerações. Os alunos podem assistir às?aulas e aos conteúdos na ?"Netflix da universidade", visto que a plataforma tem um design parecido com a provedora de filmes e séries. 

 Para os professores, a plataforma é o Toolzz Master, que permite aos superiores criarem seus próprios conteúdos, trilhas de aprendizagem, roteiros formativos, atividades, quizzes, provas, correção de atividades e personalizar suas aulas digitais através da sua ferramenta de autoria. É possível também gamificar o conteúdo no formato de pílulas de aprendizagem (microlearning). 

“Quando criamos o Toolzz, pensamos em uma plataforma que fosse inovadora e competitiva no mercado. Algumas das tecnologias citadas já fazem parte da Edulabzz e, outras serão implementadas em 2021, como a inteligência artificial que irá identificar as preferências dos alunos e sugerir temas de cursos que estejam alinhados com o seu desenvolvimento”, finaliza Lucas Moraes. 

Sobre Edulabzz    

A Edulabzz é um laboratório de inovação educacional que desenvolveu um conjunto de apps e plataformas educacionais, chamada Toolzz. A plataforma reúne em um só lugar, todas as ferramentas que uma escola ou universidade precisa para evoluir para a Educação 4.0. 

Mais informações: https://toolzz.com.br/edulabzz/