Detalhe

Após interrupção do auxílio emergencial, 56% dos estudantes adiaram planos de ir à universidade

08/04/2021 | Por: CBN | 209
Foto: Reprodução/ CBN

É o que aponta a pesquisa 'Observatório da educação superior - análise dos desafios para 2021', realizada pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior e pela Educa Insights. Mudança no calendário do Enem também foi um fator que influenciou o adiamento da possibilidade de cursar o ensino superior.

Ouça a íntegra da notícia.

 


Conteúdo Relacionado

Notícias

Ensino à distância se consolida na pandemia

Com os impactos da pandemia a modalidade EAD cresceu vertiginosamente, transformando vidas e mudando a forma de aprender e ensinar, mostra o levantamento realizado pela ABMES

"Perda do auxílio afastou o sonho da faculdade", aponta estudo

R7: Pesquisa realizada pela ABMES mostra que 56% dos estudantes adiaram o início do curso de graduação por falta de dinheiro

Mensalidade mais baixa motiva busca por ensino a distância em universidades particulares, diz pesquisa

G1: Levantamento realizado pela ABMES também aponta que auxílio emergencial influenciou 56% sobre decisão de iniciar graduação

Interrupção do auxílio emergencial fez estudantes adiarem o sonho universitário

Pesquisa da ABMES/Educa Insights mostra que falta de suporte financeiro às famílias por parte do Governo Federal impactou negativamente no ingresso ao ensino superior de 56% dos futuros universitários