Detalhe

Ministro da Educação defende a volta às salas de aula e a "desburocratização do MEC" no credenciamento de instituições

27/05/2021 | Por: Gaúcha ZH | 1782
Foto: Anselmo Cunha / Agencia RBS

Entre saudações a Deus, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, defendeu o retorno seguro às salas de aula, propagandeou seu modelo de avaliação virtual das instituições de Ensino Superior e defendeu a “desburocratização do MEC” em sua fala na abertura do 13º Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP), que é realizado entre esta quinta (27) e sexta-feira (28), de maneira virtual.  

No começo do seu pronunciamento, ele ressaltou que a educação brasileira é um grande desafio e que, por isso, acredita que a iniciativa privada "presta um serviço essencial” para o Brasil, já que não há possibilidade para todos os brasileiros estudarem na rede pública do Ensino Superior. 

— O Brasil não tem condições de fornecer e abrir vagas novas. Então, o país é parceiro do Ensino Superior, da iniciativa privada e não o contrário — disse o responsável pelo MEC se referindo à oferta de vagas nas universidades. 

Reforçou sua posição como defensor da educação como atividade essencial e pediu que a população pressione os senadores para que o PL 5595/2020 seja aprovado para que vá para a sanção do presidente Jair Bolsonaro, já que ele foi aprovado pela Câmara dos Deputados. 

O PL em questão busca o reconhecimento da educação básica e da educação superior, em formato presencial, como serviços e atividades essenciais e procurar estabelecer diretrizes para o retorno seguro às aulas presenciais. 

No ensejo deste assunto, Milton ressaltou que é preciso voltar às aulas presenciais com segurança: 

— Creio que a vacinação que se realiza e que passou a contemplar profissionais da educação vai permitir esse retorno. A aula presencial, para mim, é insubstituível. Todos os equipamentos e as ferramentas são úteis e necessários, mas o contato, a aula presencial, isso tudo é algo que, na construção do saber do aluno, é insubstituível. Em razão disso, o MEC tem estudado os riscos da suspensão dessas atividades presencias. O comprometimento de calendário, da aprendizagem e a potencial evasão escolar têm nos preocupado. Apoiamos radicalmente a retomada com segurança.  

Ribeiro falou ainda que, com o tempo, o MEC se transformou em um “cartório” e que gostaria que o ministério tivesse uma secretaria de desregulamentação. Dentro desse contexto, destacou a iniciativa adotada pela pasta para dar celeridade nos processos de avaliação e regulamentação de instituições de ensino.  

— Implementamos a avaliação virtual. Queremos tirar toda a burocracia desnecessária da regulamentação e credenciamento das instituições. Queremos cobrar o que é necessário e acompanhar que tipo de educação e conteúdo são ofertados para a população. Essa é a grande meta do MEC. Já fizemos 186 visitas virtuais, 37 são realizadas nessa semana e a nossa meta é alcançar as 5 mil visitas virtuais até outubro — assegurou o ministro da Educação. 


Conteúdo Relacionado

Áudios

Áudio: Empreendedorismo na Educação

Data:26/11/2020

Descrição:

O empreendedorismo é uma das habilidades mais importantes a serem desenvolvidas na educação no momento de pós-pandemia e, em especial, na educação superior. Em um dos bate-papos do CBESP Preview, os convidados conversaram sobre como incentivar o empreendedorismo nas instituições de ensino superior. 

 

Vamos ouvir mais sobre o assunto? 

 

Participantes: 

Débora Guerra - Vice-presidente da ABMES e reitora da Faculdade Alis de Itabirito;

Antonio Carbonari Netto - primeiro brasileiro a montar uma universidade em território norte-americano

Daniel Pedrino - Sócio e presidente da Faculdade Descomplica

 

Apresentação: Carolina Augusta

Produção: Camila Griguc e Letícia Nobre

Edição de som: Jonathan Alves

Download

Notícias

XIII CBESP: Empreendedorismo e Inovação em debate na educação privada

Evento foi realizado nos dias 27 e 28 de maio com a presença de especialistas nacionais e internacionais

Enem é 'operação gigantesca que não faz sentido num mundo conectado à internet', diz presidente do Conselho Nacional de Educação

Maria Helena de Castro criticou atraso no cronograma e realização do exame somente em 2022

"Considero que Enem já está atrasado", diz presidente do CNE

Maria Helena Guimarães de Castro também considera o exame "ultrapassado"

Ministro da Educação defende menor regulação do ensino superior privado

Ministro da Educação defende menor regulação do ensino superior privado

Ministro da Educação defende menos regulamentação do ensino privado

Milton Ribeiro, ministro da Educação, participou do 13º Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular

Ministro da Educação defende menor regulação do ensino superior privado

A empresários do setor Milton Ribeiro disse que Brasil ganharia mais com 'secretaria de desregulamentação'

Presidente do Conselho Nacional de Educação diz que Enem está ultrapassado

Presidente do Conselho Nacional de Educação diz que Enem está ultrapassado

'Não queremos fazer retorno às aulas a qualquer preço', diz ministro da Educação

Milton Ribeiro afirmou ainda, no Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (Cbesp), que 'aula presencial é insubstituível, mas volta terá que ser feita com cuidado'

MEC quer facilitar regulamentação de empresas de ensino superior

Ribeiro disse que avaliação remota é o primeiro passo nessa direção

MEC apoia "radicalmente" retorno às aulas presenciais, diz Ribeiro

Ministro da Educação disse, nesta quinta-feira (27/5), que governo federal prepara decreto sobre retorno às aulas presenciais

'Considero que Enem já está atrasado', diz presidente do CNE

Maria Helena Guimarães de Castro também considera o exame 'ultrapassado'; ela falou durante Congresso de Educação Superior

'Enem atual é ultrapassado e deve ser revisto', diz presidente do Conselho Nacional de Educação

Maria Helena Guimarães de Castro afirma que é preciso repensar o formato da prova, a logística de aplicação e os conteúdos cobrados.

Ministro da Educação: Ministro da Educação: "Aula presencial é insubstituível"

Ministro da Educação: “Aula presencial é insubstituível”

Evento debate empreendedorismo e educação superior em tempos de Covid-19

Ministro da Educação Milton Ribeiro participará da abertura do Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP)

ABMES parabeniza Inep pelo início das avaliações externas virtuais in loco

Em reunião nesta quarta-feira (12), a Associação entregou a nota técnica sobre avaliação e regulação do ensino superior e convidou a equipe do órgão para o XIII CBESP

XIII CBESP: Inscrições abertas para edição on-line e gratuita

Na edição de 2021, o congresso terá participação confirmada do ministro da Educação, Milton Ribeiro, e do físico vencedor do Prêmio Templeton, Marcelo Gleiser