Detalhe

Segundo ABMES ensino a distância terá alta procura em 2022

26/01/2022 | Por: Folha Vitória | 1028

Levantamento da ABMES, juntamente com dados da Educa Insights, traz um novo panorama de mudança comportamental em relação à procura por cursos de graduação e pós-graduação. A mudança é significativa segundo o levantamento, principalmente devido à pandemia do novo Coronavírus.

Conforme estudo de projeção feito pela consultoria especializada Educa Insights, a expectativa para este ano é que o volume de alunos em cursos na modalidade EAD (Educação a distância) supere aqueles presentes no formato do tipo presencial.

De acordo com Daniel Infante, sócio da consultoria Educa Insights, são esperados para o ano de 2022, 1,3 milhões de matrículas em cursos presenciais que perdem para a expectativa de haver cerca de 1,6 milhão de novos universitários em cursos no formato digital. Ainda segundo Daniel, essa tendência será mantida também no ano de 2023 com uma elevação para 2,5 milhões de alunos na modalidade virtual e apenas 1,4 milhão nos cursos de ensino superior do tipo presencial.

O fortalecimento da modalidade online, de acordo com Celso Niskier, diretor presidente da ABMES (Associação das Mantenedoras de Ensino Superior) se comprova também pelo interesse cada vez maior dos alunos não apenas pelos cursos totalmente virtuais como também no modelo híbrido, fazendo somente algumas disciplinas à distância.

Com isso, ainda de acordo com o diretor presidente da Associação Brasileira de Mantenedores de Ensino Superior (ABMES), esta demanda aumentada pelos cursos do tipo online vai proporcionar uma maior consolidação deste ramo educacional, pois o investimento em plataformas tecnológicas de qualidade exige investimentos que as pequenas faculdades não conseguem realizar.

“Mesmo o cenário sendo desafiador, as Instituições de Ensino estão se adaptando para a recepção desses novos alunos em ambientes totalmente digitais”, afirma Rodrigo Mendes, afiliado do polo digital Uninta.

Por fim, o estudo da Educa Insights afirma que os 1,6 mil alunos de todo o país estão optando pela ingressão na faculdade nos cursos de graduação e pós-graduação no formato EAD, fazendo com que o ano de 2022 seja promissor para as instituições de ensino que oferecem essa modalidade.