Detalhe

Seminário analisa captação de matrículas do primeiro semestre de 2024

30/04/2024 | Por: ABMES | 602

Em um contexto de mudanças constantes e desafios sem precedentes, o seminário "Termômetro da Captação", realizado pela ABMES em parceria com a Educa Insights, se tornou uma ferramenta crucial para que as Instituições de Ensino Superior (IES) se mantenham atualizadas sobre as últimas tendências e dados do mercado de captação de alunos no primeiro semestre de 2024.

Realizado nesta terça-feira (30) no canal da ABMES no YouTube, o evento online fez um mergulho nos dados e análises relevantes para auxiliar as IES em suas estratégias gerenciais. O levantamento revelou um cenário promissor para o setor, com um crescimento de 14,9% no número de matrículas nos cursos presenciais e de 11,1% nos cursos a distância.

A curva de efetivação de matrículas também apresentou pontos interessantes, com destaque para o elevado número de inscrições ainda em dezembro. “O ciclo de captação é mais intenso durante os primeiros meses do ano, entre janeiro e março, porém, tem tido um movimento considerável em dezembro, quando os alunos aproveitam o 13º para realizar as matrículas”, comentou Daniel Infante, sócio-fundador da Educa Insights. 

Os dados do seminário também destacaram os cursos mais procurados pelos alunos, tanto na modalidade presencial quanto na modalidade a distância. Entre os cursos presenciais estão Direito, Psicologia, Sistemas de Análise e Desenvolvimento, Enfermagem e Educação Física. E entre aqueles a distância, se destacam: Administração de Empresas, Sistemas de Análise e Desenvolvimento, Contabilidade, Recursos Humanos e Educação Física.

Além da apresentação de dados relevantes, o seminário também ofereceu aos participantes ferramentas e estratégias eficazes para captar e reter os melhores talentos. De acordo com Infante, as instituições que adotam como estratégia iniciar a captação de alunos ainda no ano anterior aproveitam melhor os recursos de divulgação e marketing. “O custo de aquisição no começo do ano é muito maior do que nos meses anteriores. Aquelas IES que começam antes têm a oportunidade de diluir o investimento ao longo de todo o ciclo”, afirmou. 

Na oportunidade, Infante respondeu a pergunta dos participantes, levantando pontos como a taxa de cancelamento antes do início da aula, o uso de tecnologias e estratégias para poder ativar o aluno, como o cursos de bolsas de estudo, e monitorar a permanência dele na instituição. 

“Seminários assim, com informações do mercado, dicas práticas e sugestões que cumprem o papel da ABMES junto às instituições. Números e informações como os apresentados pela Educa Insights  auxiliam as IES a captarem melhor, encontrar os os alunos certos para cada instituição e colaboram para que exista um crescimento sustentável ao longo do tempo”, comentou Celso Niskier, diretor presidente da ABMES. 

A íntegra do seminário pode ser vista na plataforma ABMES Plus, exclusiva para associados ABMES e assinantes. 

 


Conteúdo Relacionado