Detalhe

MEC lança Protocolo de Biossegurança para o retorno às aulas

01/07/2020 | Por: Ministério da Educação | 1442
Foto: soluti

O Ministério da Educação (MEC) lançou, nesta quarta-feira (1º), o Protocolo de Biossegurança com diretrizes para o retorno das atividades nas instituições federais de ensino. O documento será oficializado por meio de portaria, que deve ser publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (02), mas já pode ser conferido em formato de cartilha, neste link. “Entendemos que os alunos precisam voltar às aulas o quanto antes, mantendo as medidas de segurança e prevenção, como o distanciamento social, por isso estamos lançando logo esse Protocolo, reunindo diretrizes gerais”, afirmou o secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel.

O documento foi elaborado por uma equipe multidisciplinar, composta por dois médicos, uma biomédica, um biólogo e uma sanitarista, e lista recomendações que seguem as orientações do Ministério da Saúde, da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). Entre as diretrizes, estão medidas coletivas e individuais, como manter, sempre que possível, portas e janelas abertas para ventilação do ambiente e lavar as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool em gel 70%. A cartilha também tem recomendações à instituição de ensino, como garantir a aferição da temperatura de servidores, estudantes e colaboradores, na entrada da instituição e de salas e ambientes fechados.

“Estamos providenciando uma série de ações para apoiar e garantir a segurança básica e necessária para que estudantes, familiares, professores, gestores e todos os envolvidos com o ambiente escolar possam retomar suas atividades de forma gradual”, destacou o secretário de Educação Superior do MEC, Wagner Vilas Boas de Souza. Ele ainda acrescentou: “o Protocolo não é uma regra engessada, mas uma diretriz para nortear as instituições federais. É recomendável, inclusive, que elas mesmas elaborem seus próprios protocolos, baseados nessa cartilha que o MEC acaba de lançar.” O Protocolo de Biossegurança é voltado para as instituições federais, o que não impede as redes estaduais e municipais de ensino de adotar o documento.

Volta às aulas
O secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Ariosto Antunes Culau, lembrou que cada instituto e campus têm autonomia para definir o retorno às aulas presenciais, obedecendo ao que for estabelecido pelas autoridades locais.


Conteúdo Relacionado

Documentos

Vídeos

Jornal da Record News | Prefeitura de SP libera aulas presenciais em universidades

Sólon Caldas, diretor executivo da ABMES, fala sobre o retorno das aulas presenciais nas instituições de educação superior em São Paulo/SP, após a quarentena imposta pela pandemia da Covid-19

CNN | SP: Universidades reabrem a partir de 7 de outubro

Em entrevista ao vivo para a CNN, o diretor-executivo da ABMES, Sólon Caldas, classificou como acertada a decisão da retomada das aulas nas universidades na cidade de São Paulo a partir de 7 de outubro, mas defendeu o mesmo para todos os outros setores da educação

Webinar | Retomada com segurança das atividades presenciais nas IES

Confira a íntegra do webinar "Retomada com segurança das atividades presenciais nas IES", realizado em 21 de julho de 2020, com a participação de Maurício Garcia, consultor educacional e cientista digital;  Margareth Dalcolmo, pneumologista e pesquisadora da Fiocruz, e Marcos Alencar, advogado especializado no ramo trabalhista empresarial

Legislação

PORTARIA MEC Nº 544, DE 16 DE JUNHO DE 2020

Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais, enquanto durar a situação de pandemia do novo coronavírus - Covid-19, e revoga as Portarias MEC nº 343, de 17 de março de 2020, nº 345, de 19 de março de 2020, e nº 473, de 12 de maio de 2020.


Notícias

"Instituições de ensino estão preparadas para receber alunos presencialmente", garante diretor da ABMES

Brasil 61: Em entrevista, Sólon Caldas, o diretor executivo da ABMES, afirmou que EAD proporciona oportunidade de capacitação profissional para pessoas que vivem em cidades sem acesso à educação presencial

Instituições brasileiras seguem mesmas diretrizes de países como Alemanha e Japão para retomada das aulas presenciais

Protocolos de segurança sanitária e adoção de ensino híbrido são marcas comuns entre os países pesquisados

Temos que seguir exemplos de sucesso na volta às aulas, diz associação

CNN Brasil: Sólon Caldas, diretor-executivo da ABMES, fala sobre a retomada das aulas

Especialistas debatem a retomada com segurança das atividades presenciais nas instituições de educação superior

Evento on-line realizado pela ABMES reuniu profissionais de diferentes áreas para tratar sobre o assunto

Instituições de educação superior se preparam para retorno das atividades presenciais

ABMES monitora decisões em todas as unidades federativas para volta às aulas