Detalhe

Complementação da inscrição do Fies deve ser efetuada até segunda-feira, 8

04/02/2021 | Por: Ministério da Educação | 551
Foto: Reprodução/ Ministério da Educação

O Ministério da Educação (MEC) ampliou o prazo para que os pré-selecionados na chamada única do processo seletivo do 1º semestre de 2021 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) efetuem a complementação da inscrição na página do Fies. Eles têm de hoje, 4, até as 23h59 da próxima segunda-feira, 8, para concluir a complementação da inscrição. Anteriormente, o prazo seria encerrado nesta sexta-feira, 5. O novo período consta no Edital nº 7, publicado nesta quinta-feira, 4, no Diário Oficial da União (DOU).

Outra alteração no cronograma do Fies é a data de início para convocação da lista de espera, que também começa nesta quinta-feira, 4, e segue até o dia 18 de março.

Todos os candidatos não pré-selecionados na chamada única do Fies são, automaticamente, incluídos na lista de espera e podem disputar as vagas ofertadas por meio dessa última etapa do processo seletivo do Fies.

O que fazer depois
Após a etapa de complementação da inscrição, que é realizada na página do Fies, é necessário realizar a validação das informações declaradas no ato da inscrição. O prazo para validação é de até cinco dias úteis após a data da complementação da inscrição.

A validação deve ser realizada diretamente na instituição de ensino superior para a qual o candidato foi pré-selecionado. A documentação pode ser apresentada em formato digital, desde que a instituição ofereça essa forma de atendimento.

Cada instituição de ensino superior tem uma Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), responsável pelo recebimento e análise da documentação exigida para a emissão do Documento de Regularidade de Inscrição (DRI), que é necessário para formalizar a contratação do financiamento.

O estudante terá dez dias, contados a partir do terceiro dia útil imediatamente subsequente ao da emissão do DRI, para entregar a documentação exigida para fins de contratação. A validação dessas informações é efetuada no âmbito da agência da Caixa Econômica, indicada pelo estudante no ato da complementação da inscrição do Fies.

Oferta de vagas
Em 2021, a oferta para o Fies é de 93 mil vagas. Nesta edição do 1º semestre foram ofertadas 40 mil vagas para 24.844 cursos de graduação, em 1.461 instituições privadas de educação superior do país. O sistema de inscrição registrou o total de 128.829 inscritos nesta edição.

O Fies é o programa do MEC que oferece a estudantes oportunidades de acesso à educação superior, por meio de financiamento de cursos de educação superior com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC e ofertados por instituições privadas de educação superior, que aderirem ao programa.


Conteúdo Relacionado

Legislação

RESOLUÇÃO FNDE Nº 44, DE 31 DE DEZEMBRO DE 2020

Dispõe sobre o Plano Trienal e o quantitativo de vagas dos contratos de financiamento no âmbito do Fundo de Financiamento Estudantil - Fies.


RESOLUÇÃO FNDE Nº 43, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2020

Dispõe sobre a prorrogação do prazo do art. 2º da Resolução nº 42, de 21 de outubro de 2020, no que se refere às alíneas "b" e "c" do inciso II, que dispõe sobre o Programa Especial de Regularização do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), nos termos dos §§ 4º e 5º do artigo 5º-A, da Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001.


PORTARIA FNDE Nº 782, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2020

Dispõe sobre a prorrogação do prazo para validação das inscrições pelas Comissões Permanentes de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) referente ao processo de ocupação de vagas remanescentes do 2º semestre de 2020 e para realização dos aditamentos de renovação semestral dos contratos de financiamento concedidos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), simplificados e não simplificados, do 2º semestre de 2020.


Notícias

Resultado do Fies é divulgado após atraso do MEC

Lista de aprovados deveria ter sido publicada na terça-feira (2). Programa concede financiamento de mensalidades em universidades privadas

Resultado da pré-seleção para o Fies será publicado nesta terça-feira

Candidatos não selecionados integrarão lista de espera

Inscrições para o Fies 2021 do primeiro semestre terminam nesta sexta

Como as notas do Enem 2020 serão divulgadas em março, não será possível usar o desempenho desta edição para concorrer ao financiamento estudantil neste primeiro semestre

Últimos dias para solicitar renegociação de débitos do Fies

Prazo que terminaria em dezembro de 2020 foi prorrogado até 31 de janeiro

Fies do 2º semestre aceitará notas do Enem 2020 e mudará regra para vagas remanescentes, diz MEC

Na edição do 1º semestre, cujas inscrições estão abertas, só serão aceitas notas do Enem de 2010 a 2019. Programa financia mensalidades de instituições de ensino superior privadas

Começam hoje as inscrições para o Fies 2021

Resultado será divulgado no dia 2 de fevereiro

Universitários de instituições privadas podem pedir financiamento dos estudos a partir de segunda-feira

Crédito do Programa de Financiamento Estudantil (P-fies) beneficia estudantes de nível superior regularmente matriculados em cursos de graduação não gratuitos

Autor da proposta calcula que 170 mil vagas a mais no Fies custariam R$ 2 bilhões

Autor da proposta calcula que 170 mil vagas a mais no Fies custariam R$ 2 bilhões

Fies 2021 abrirá 93 mil vagas para financiamento do ensino superior

Inscrições para o primeiro semestre vão de 26 a 29 de janeiro; MEC ainda não informou quantas vagas estarão disponíveis nesta etapa.

Fies prorroga prazo de renegociação de financiamento até 31 de janeiro

Prazo anterior terminava em 31 de dezembro. A medida permite que mais estudantes tenham a oportunidade de renegociar suas dívidas

Diplomas de 1,6 milhão de estudantes ameaçados pela Reforma Tributária

Com 75% das matrículas no país, instituições particulares de educação superior alertam que mudança de regras tributárias pode sepultar ProUni

Sem Fies, mais de 50% dos alunos com crédito estaria fora da faculdade

Levantamento da fintech Pravaler mostra que os estudantes das faculdades privadas apostam no financiamento educacional para terem acesso ao Ensino Superior.

#CARTAASSOCIADOS