Detalhe

'Enem atual é ultrapassado e deve ser revisto', diz presidente do Conselho Nacional de Educação

27/05/2021 | Por: G1 | 1486
Foto: Reprodução

A presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE), Maria Helena Guimarães de Castro, afirmou nesta quinta-feira (27) que o modelo atual do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é "ultrapassado" — tanto no conteúdo quanto na logística de aplicação.

Ela defendeu uma reformulação da prova, a longo prazo, durante sua participação no XIII Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, transmitido on-line.

"O Enem atual só existe na China e no Brasil. Nem Estados Unidos, nem Rússia, nem Índia: nenhum país extremamente populoso tem exame em um dia só, que mobiliza Exército, FAB [Força Aérea Brasileira], 6 milhões de provas impressas, [contratação de] aplicadores", diz. "É uma operação gigantesca que não faz sentido num mundo conectado à internet."

Segundo a presidente do CNE, as atualizações não deverão ser feitas já para a próxima edição do Enem. "Eu me refiro ao planejamento futuro. Desde 2009, quando a prova foi transformada em vestibular nacional, está em discussão esta mudança", afirma.

Ela sugere os seguintes pontos:

  • aplicação 100% digital, para evitar os gastos com transporte e impressão da prova;
  • frequência maior, de duas a três vezes ao ano;
  • adaptação das matérias cobradas, para que fiquem compatíveis à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento que estipula o mínimo a ser ensinado nas escolas.

"É preciso adaptar o novo Enem às novas matrizes da BNCC. A prova atual é um conjunto de conteúdos que não fazem sentido para um Congresso que está discutindo empreendedorismo, temas transversais e competências do século XXI, como criatividade e trabalho em equipe", diz.

Guimarães de Castro afirma que o Ministério da Educação e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) devem criar um grupo de especialistas para pensar no "Enem do futuro".

"O modelo atual é absolutamente superado, seja nos conteúdos avaliados ou na logística gigantesca e caríssima."

Mudanças já em curso
Abaixo, veja quais mudanças estão sendo implementadas no Enem:

  • Na edição de 2020, houve a estreia do formato digital, restrita apenas a uma pequena parcela de candidatos (96.086, com taxa de abstenção de 71,3%). Segundo o Inep, a ideia é que a prova seja 100% informatizada até 2026.
  • O chamado "Enem seriado" ocorreria por meio do novo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Neste modelo, alunos do ensino médio são avaliados ao fim de cada ano escolar. A nota final é uma média de desempenho nas provas de cada um dos três anos do ciclo. No entanto, a aplicação do Saeb em 2021 ainda está em discussão.

Enem 2021 sem cronograma
A presidente do CNE defendeu que o Enem 2021 seja aplicado até dezembro. Até o momento, o Inep não divulgou o edital e o cronograma da prova.

"Considero que esteja tudo atrasado. Espero que, apesar disso, a gente consiga realizar a prova ainda neste ano, para evitar o atraso no calendário de 2022. Acredito que seja possível, desde que haja imediatamente a organização de um grupo executivo atento a todos os detalhes", diz. "É uma operação de guerra, difícil de planejar."


Conteúdo Relacionado

Áudios

Áudio: Empreendedorismo na Educação

Data:26/11/2020

Descrição:

O empreendedorismo é uma das habilidades mais importantes a serem desenvolvidas na educação no momento de pós-pandemia e, em especial, na educação superior. Em um dos bate-papos do CBESP Preview, os convidados conversaram sobre como incentivar o empreendedorismo nas instituições de ensino superior. 

 

Vamos ouvir mais sobre o assunto? 

 

Participantes: 

Débora Guerra - Vice-presidente da ABMES e reitora da Faculdade Alis de Itabirito;

Antonio Carbonari Netto - primeiro brasileiro a montar uma universidade em território norte-americano

Daniel Pedrino - Sócio e presidente da Faculdade Descomplica

 

Apresentação: Carolina Augusta

Produção: Camila Griguc e Letícia Nobre

Edição de som: Jonathan Alves

Download

Notícias

Ministro da Educação anuncia o novo Enem

Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (17), Milton Ribeiro dá detalhes técnicos de como será o novo Exame, que deverá ser aplicado a partir de 2024

XIII CBESP: Empreendedorismo e Inovação em debate na educação privada

Evento foi realizado nos dias 27 e 28 de maio com a presença de especialistas nacionais e internacionais

Enem é 'operação gigantesca que não faz sentido num mundo conectado à internet', diz presidente do Conselho Nacional de Educação

Maria Helena de Castro criticou atraso no cronograma e realização do exame somente em 2022

"Considero que Enem já está atrasado", diz presidente do CNE

Maria Helena Guimarães de Castro também considera o exame "ultrapassado"

Ministro da Educação defende menor regulação do ensino superior privado

Ministro da Educação defende menor regulação do ensino superior privado

Ministro da Educação defende menos regulamentação do ensino privado

Milton Ribeiro, ministro da Educação, participou do 13º Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular

Ministro da Educação defende menor regulação do ensino superior privado

A empresários do setor Milton Ribeiro disse que Brasil ganharia mais com 'secretaria de desregulamentação'

Presidente do Conselho Nacional de Educação diz que Enem está ultrapassado

Presidente do Conselho Nacional de Educação diz que Enem está ultrapassado

Ministro da Educação defende a volta às salas de aula e a "desburocratização do MEC" no credenciamento de instituições

No pronunciamento feito durante o 13° Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, Ribeiro ainda lançou desconfiança sobre a CoronaVac

'Considero que Enem já está atrasado', diz presidente do CNE

Maria Helena Guimarães de Castro também considera o exame 'ultrapassado'; ela falou durante Congresso de Educação Superior

Ministro da Educação: Ministro da Educação: "Aula presencial é insubstituível"

Ministro da Educação: “Aula presencial é insubstituível”

Evento debate empreendedorismo e educação superior em tempos de Covid-19

Ministro da Educação Milton Ribeiro participará da abertura do Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (CBESP)

ABMES parabeniza Inep pelo início das avaliações externas virtuais in loco

Em reunião nesta quarta-feira (12), a Associação entregou a nota técnica sobre avaliação e regulação do ensino superior e convidou a equipe do órgão para o XIII CBESP

XIII CBESP: Inscrições abertas para edição on-line e gratuita

Na edição de 2021, o congresso terá participação confirmada do ministro da Educação, Milton Ribeiro, e do físico vencedor do Prêmio Templeton, Marcelo Gleiser