Detalhe

Projeto suspende decisão do MEC sobre retorno das aulas presenciais nas universidades

04/02/2021 | Por: Agência Câmara | 2000
Foto: Reprodução/ Agência Câmara

O Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 527/20 suspende os efeitos de duas portarias do Ministério da Educação, editadas no ano passado, e que tratam do retorno às aulas presenciais pelas instituições de ensino superior do sistema federal de ensino.

A Portaria 1038/20 trata da retomada das aulas presenciais nas universidades a partir de 1º de março de 2021, observados os protocolos de biossegurança para o enfrentamento da pandemia de COVID-19. A Portaria 1030/20, por sua vez, previa o retorno às aulas presenciais nas instituições de ensino superior a partir de 4 de janeiro de 2021.

A deputada Maria do Rosário (PT-RS), autora do projeto, lembra que as portarias não levaram em consideração a autonomia universitária, que é norma constitucional.

“Soma-se a isso a incompetência do governo federal em controlar a crise sanitária, que até o presente momento nem mesmo um plano de vacinação apresentou para a população. Não é razoável exigir que as universidades, institutos federais e demais institutos de ensino federais, sejam obrigados a retornar ao ensino presencial quando nem mesmo o orçamento para o ano que vem ainda foi votado”, observou a deputada. 


Conteúdo Relacionado

Notícias

Aulas presenciais voltam a ser obrigatórias para 100% dos alunos em SP a partir de segunda-feira

Atualmente, presença é facultativa. Segundo gestão estadual, na próxima semana, só poderão ficar em casa os estudantes que apresentarem justificativa médica. Sindicado dos professores diz ser contra e afirma que escolas não têm condições de cumprir protocolos

Rio anuncia retorno de 100% dos alunos às aulas presenciais a partir do dia 18

Decisão foi publicada em Diário Oficial nesta sexta-feira (8); as instituições de ensino terão que oferecer a opção do ensino híbrido

Indefinição nas públicas e modelo híbrido nas particulares: a volta às aulas presenciais no ensino superior

Gazeta do Povo: Em entrevista, o diretor executivo da ABMES, Sólon Caldas, comenta a decisão do governo de liberar a volta às aulas presenciais

'Educação tem que ser a última a fechar e a primeira a abrir'

CBN : Em entrevista, Sólon Caldas, diretor executivo da ABMES, defende a retomada das aulas presenciais

Câmara aprova urgência em projeto de lei que torna educação presencial essencial

Texto causou racha entre secretários de educação. Os que são contra dizem que é uma obrigatoriedade que não considera características locais. Rossieli Soares, de SP, diz que projeto "merece todo o apoio"

MEC terá plataforma para ajudar planejamento da volta às aulas

Painel vai monitorar reinício das atividades no ensino básico

Crise econômica e sanitária põe universidades em compasso de espera

O objetivo agora é não pagar para ver o resultado da perigosa mistura de incertezas quanto à pandemia, cenário econômico desfavorável: o adiamento do Enem

Escolas recebem aval para manter o ensino remoto no ano que vem

Parecer homologado pelo MEC permite atividades a distância em instituições de todas as redes até o fim de 2021. Aula presencial depende das cidades

MEC adia retomada de aulas presenciais em universidades para 1º de março

Nova data foi definida em portaria publicada em edição extra do Diário Oficial da União dessa segunda-feira

Após críticas, MEC recua e adia para março volta das aulas presencias nas universidade

Sem ouvir dirigentes das instituições, ministro Milton Ribeiro queria retorno das atividades para o dia 4 de janeiro

Ministério da Educação adia para 1° de março a retomada das aulas presenciais nas universidades federais

Nova portaria foi publicada nesta segunda-feira (07/12) e define adia retorno de janeiro para março nas instituições de ensino superior

Mais de 80% das instituições de ensino superior têm autorização para retorno das atividades presenciais

ABMES monitora decisões em todas as unidades federativas para volta às aulas

CNE edita normas educacionais a serem adotadas durante a pandemia da Covid-19

Deliberação do Conselho regulamentou a Lei nº 14.040, de 18 de agosto de 2020

Conselho de Educação permite aula remota até fim de 2021 no ensino básico e no superior

Flexibilização valerá em instituições públicas e particulares

Com veto articulado pelo Fórum, Governo Federal sanciona MP que flexibiliza ano letivo

A ABMES, em articulação com o Fórum, atuou ativamente para evitar que o ProUni fosse impactado por uma normatização que em muito prejudicaria todo o setor

Adiamento do Enem prejudica sonho de 3,5 milhões de alunos no país

Esse é o número de estudantes que devem buscar vaga em universidades privadas, mas precisam de resultado do exame, previsto para março de 2021