Detalhe

MEC quer facilitar regulamentação de empresas de ensino superior

27/05/2021 | Por: Agência Brasil | 327
Foto: Reprodução

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, disse hoje (27) a representantes de instituições privadas do ensino superior, que, entre as prioridades de sua pasta, está a de “simplificar” os trâmites burocráticos necessários para a regulamentação da iniciativa privada no ensino superior do país. Segundo o ministro, a avaliação remota feita nessas instituições pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) representa um passo dado pelo MEC nessa direção.

“O MEC foi, com o tempo, se transformando em um verdadeiro cartório, com instâncias e carimbos. Quero simplificar isso. Gostaria de ter no MEC uma secretaria de desregulamentação. No entanto, a lei impõe caminhos balizados por leis votadas e feitas no passado, mas que podem ser mudadas”, disse o ministro ao participar da abertura do 13º Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, promovido pelo Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular.

Ribeiro acrescentou que algumas propostas de mudanças vêm sendo estudadas pelo governo “para que a regulamentação se baseie em outro paradigma, de não acreditar que todos os empresários da educação estejam sempre prontos para burlar a lei”.

“Nossa legislação, no entanto, é feita dando a impressão de que todos são culpados. Queremos mudar a filosofia do MEC, e considerar todos inocentes até que se prove o contrário. Assim, quem eventualmente cometer deslizes ou agir de forma não ética, estes sofrerão maior dano, e não os que cumprem as tantas regras”, acrescentou ao dizer que tais medidas, a médio e longo prazo, “simplificarão a vida dos senhores nesse trabalho que é muito regulamentado”.

A proposta de avaliações remotas foi apresentada pelo Inep em abril. De acordo com a autarquia, a avaliação externa virtual in loco passará a ser feita integralmente online, com o objetivo de “melhorar o processo de avaliação do ensino superior brasileiro, especialmente diante do atual cenário causado pela pandemia da covid-19”.

As avaliações começaram a ser feitas em 26 de abril tendo como meta inspecionar remotamente a 11 instituições – número que a autarquia garante que incrementará gradualmente, mês a mês, até atingir a meta de 5 mil visitas no fim de outubro de 2021. Segundo Ribeiro, o objetivo é fazer cerca de 600 avaliações em junho; 700 em julho e 800 em agosto.

Nesse primeiro momento, a avaliação externa remota online não atenderá a todos os cursos. Medicina, odontologia, enfermagem e psicologia, por exemplo, continuarão sendo examinados presencialmente.

Aulas presenciais
O ministro disse aos representantes de instituições privadas de ensino superior que apoia “radicalmente o retorno [às aulas] com segurança”. “A aula presencial, para mim, é insubstituível. Todos equipamentos e ferramentas são úteis e necessários. A presença do professor e do aluno em sala de aula é algo que, para a construção do saber do aluno, é algo insubstituível”, defendeu Ribeiro.

O ministro acrescentou que o MEC tem estudado os riscos dessas aulas não presenciais. “O comprometimento na aprendizagem e potencial evasão escolar tem nos preocupado de maneira mais presente”, complementou.


Conteúdo Relacionado

Notícias

Publicado guia de boas práticas da avaliação virtual in loco

Segunda edição orienta instituições e avaliadores sobre principais alterações no processo avaliativo e destaca boas práticas. Guia está no portal do Inep

Inep capacita relatores dos subcolegiados da CTAA

Treinamento foi para relatores de curso de graduação e de avaliação institucional externa. Capacitação aconteceu de forma virtual, por meio de aplicativo

Aberta capacitação para 2,8 mil avaliadores

Treinamento on-line prepara profissionais para avaliar cursos e instituições no formato virtual. Cerca de 4 mil avaliadores já foram capacitados pelo Inep

Inep avalia 2 mil cursos e instituições em 4 meses

Dado engloba avaliação de cursos de graduação e instituições de educação superior. Presidente Danilo Dupas divulgou levantamento durante seminário da ABMES

CTAA fica mais ágil, efetiva e transparente

Comissão Técnica de Acompanhamento da Avaliação é instância recursal da avaliação de cursos e instituições de educação superior. Reestruturação inicia em 2/8

Aberta seleção para consultor da educação superior

Especialistas em instrumentos de avaliação podem se candidatar até o dia 20 de junho. Selecionado realizará estudos para desenvolvimento de novos indicadores

Regulação tem impulso com avaliação virtual e cresce 292%

Comparativo entre os cinco primeiros meses do triênio 2019, 2020 e 2021 mostra avanço exponencial no número de decisões regulatórias da educação superior

Ministro da Educação defende menor regulação do ensino superior privado

A empresários do setor Milton Ribeiro disse que Brasil ganharia mais com 'secretaria de desregulamentação'

'Não queremos fazer retorno às aulas a qualquer preço', diz ministro da Educação

Milton Ribeiro afirmou ainda, no Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular (Cbesp), que 'aula presencial é insubstituível, mas volta terá que ser feita com cuidado'

Ministro da Educação defende a volta às salas de aula e a "desburocratização do MEC" no credenciamento de instituições

No pronunciamento feito durante o 13° Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular, Ribeiro ainda lançou desconfiança sobre a CoronaVac

Inep inicia avaliação externa virtual in loco

Comissões avaliaram a autorização de novos cursos em sete instituições. Até outubro, Autarquia pretende realizar 5 mil avaliações externas virtuais

Avaliação in loco: prorrogado edital para docentes da educação superior

Período para inscrição no processo seletivo de docentes para compor as comissões responsáveis pela Avaliação in loco vai até dia 15 de novembro

Aberto edital para avaliadores da educação superior

Inep selecionará professores responsáveis pela avaliação in loco dos cursos de graduação. As inscrições podem ser realizadas até o dia 11 de outubro

Instrumentos de avaliação in loco em debate no Seminário da ABMES

Com o tema "O cenário da avaliação da educação superior no Brasil e a atuação do Inep/MEC”, o evento tem como objetivo aproximar instituições de ensino dos principais dirigentes e técnicos do setor